Publicidade

politica

Transerp paga apenas 40% dos salários dos funcionários

A empresa que gerencia o trânsito em Ribeirão Preto alegou que tem passado por dificuldades de receita por conta da pandemia da covid-19

| ACidadeON/Ribeirao -

Transerp alega que passa por problemas de receita (Foto: Silva Júnior/Especial-Arquivo A Cidade)
 
Os funcionários da Transerp receberam apenas 40% dos salários. O montante foi pago na última sexta-feira (5). A empresa informou que tem passado por dificuldades financeiras em razão do estado de calamidade pública, motivado pela pandemia do novo coronavírus (covid-19).  

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS NOTÍCIAS SOBRE RIBEIRÃO PRETO
 
Os funcionários da Transerp foram informados sobre o parcelamento dos salários por meio de comunicado emitido pela empresa. No texto, a Transerp informa que tem realizado adequações de emergência nas despesas, contudo não o suficiente para o pagamento integral da folha. Atualmente, a empresa conta com 177 funcionários e todos foram afetados.

Em contato com a reportagem, a empresa informou que ainda busca soluções para resolver o problema. Contudo, questionada, não informou se foi estabelecido prazo para que ocorra o pagamento da quantia que falta.  
 
Pedido na Câmara negado 

Há duas semanas, a Prefeitura de Ribeirão Preto chegou a encaminhar um projeto de lei para a Câmara Municipal solicitando a autorização para transferir R$ 4,8 milhões para a Transerp, que tem capital misto (público-privado), com o objetivo de ajudar a empresa no pagamento da folha salarial.   

Contudo, o pedido foi negado pelos vereadores na última terça-feira (2), em discussão de mais de 2 horas e meia. O placar terminou 13 a 13, o que determinou a não aprovação da proposta, já que seriam necessários 14 votos - o vereador Bertinho Scandiuzzi (PSDB) não esteve presente na sessão do Legislativo, por isso foram 26 votantes.   

Os vereadores contrários à propositura chegaram argumentar que faltou planejamento por parte do governo. Já a prefeita alegou que a pandemia do novo coronavírus provocou uma queda significativa nas contas da Transerp.   

A reportagem procurou o Sindviários, que representa os trabalhadores da categoria. Porém, não obteve retorno até a publicação da matéria.   

Leia mais:
Câmara de Ribeirão rejeita aporte de R$ 4,8 mi à Transerp

Mais notícias


Publicidade