Aguarde...

Política

Nicanor deixa a secretaria da Casa Civil e assume Pedro II

Nesta segunda (21), o prefeito Duarte Nogueira anunciou novos nomes para o governo de Ribeirão a partir de 2021

| ACidadeON/Ribeirao

Nicanor Lopes substitui Mariana Jábali na fundação Dom Pedro II (Foto: Weber Sian/Arquivo A Cidade)
 

O prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira (PSDB), anunciou nesta segunda-feira (21), nomes que farão parte da segunda gestão, que começa a partir de 1º de janeiro de 2021. Entre as mudanças, está a ida do secretário da Casa Civil Nicanor Lopes para a presidência da Fundação Dom Pedro II, mantenedora do Theatro Pedro II, no lugar de Mariana Jábali.  


CLIQUE AQUI E LEIA MAIS NOTÍCIAS SOBRE POLÍTICA
 

A atual presidente da fundação vai continuar no governo, como presidente do Fundo Social de Solidariedade, que já exerce desde o início de 2020. É válido lembrar que o cargo de presidente do Fundo Social não recebe salários.  


O ex-vereador Nicanor Lopes continua no governo, mesmo após o anúncio de que será substituído na Casa Civil pelo ex-secretário de Esportes Ricardo Aguiar, que coordenou a campanha de reeleição de Duarte Nogueira.  


Transerp e Meio Ambiente têm mudanças
 

Já a secretaria do Meio Ambiente será assumida pelo advogado Samuel Solito. Ele substitui a professora da USP (Universidade de São Paulo) Sônia Valle Walter Borges de Oliveira, que ocupava a função desde fevereiro de 2019.  


A Cohab-RP (Companhia Habitacional Regional de Ribeirão Preto) continua com Nilson Baroni na presidência. Baroni acompanha Nogueira desde quando ele foi secretário da Habitação do governo Mário Covas.  


Nogueira também anunciou o novo coordenador da Defesa Civil, função que fica com Tiago Caldeira, que atua como chefe de divisão operacional da Guarda Civil Metropolitana de Ribeirão Preto desde 2007.  


No comando do departamento da Fiscalização Geral continua o coronel Antônio Carlos Muniz, que está na função desde o início da gestão Duarte Nogueira. Ele já atuou como superintendente da Transerp no governo Gasparini.  


Já na Transerp, Antônio Carlos de Oliveira Júnior, que estava na função desde 2017, está de saída. No lugar dele assume a superintendência da empresa mista Marcelo Santos Galli, que já foi superintendente do Daerp (Departamento de Água e Esgotos de Ribeirão preto) no governo da ex-prefeita Dárcy Vera, em 2013.  


Leia mais:
Coordenador da campanha assume pasta no governo Nogueira  


Prefeitura mantém comando do IPM e da secretaria de Obras  


Sandro Scarpelini continua no comando da Saúde em Ribeirão


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON