Aguarde...

Política

STF concede 5 dias para governo informar sobre seringas

Processo solicita que o ministério da Saúde apresente os estoques planejados para a vacinação contra covid-19

| ACidadeON/Ribeirao

(Foto: Governo de São Paulo/Divulgação)
 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski concedeu prazo de cinco dias para que o ministério da Saúde preste informações sobre o estoque de seringas e agulhas da União e dos estados para a condução da vacinação contra a covid-19.  

O processo requer que o ministério apresente os estoques planejados para a vacinação em todos os estados.  

LEIA MAIS - Pazuello anuncia compra de 100 milhões de doses da Coronavac
 
A ação solicita ainda que caso avalie que não há reserva suficiente de insumos, o governo apresente em 48 horas o planejamento de novas aquisições de seringas e agulhas para o cumprimento das primeiras fases da imunização.  

Pronunciamento
 
O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou quarta-feira (6) em pronunciamento em rede nacional de rádio e TV, que o Brasil tem asseguradas cerca de 60 milhões de seringas e agulhas para o combate à covid-19. "Ou seja, um número suficiente para iniciar a vacinação da população ainda neste mês de janeiro", disse o ministro.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON