Aguarde...

Política

Câmara discute extinção do cargo de cozinheiro em Ribeirão

Prefeitura de Ribeirão Preto vai terceirizar as vagas de cozinheiros para atuação nas escolas da rede municipal

| ACidadeON/Ribeirao

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
 
A Câmara Municipal de Ribeirão Preto volta a se reunir nesta quarta-feira (13), em sessão extraordinária, para discutir projeto da prefeitura que extingue o cargo de cozinheiro na administração municipal.  

LEIA MAIS - Prefeitura terceiriza mão de obra para suprir déficit de cozinheiros  

Segundo a prefeitura, o município conta atualmente com 500 cargos de cozinheiros, contudo 103 estão vagos. A administração pretende terceirizar a contratação desses profissionais, para retomada das aulas presenciais nas escolas da rede municipal.
 
"[...] as aulas presenciais se iniciem em fevereiro de 2021 e, por não haver concurso vigente do qual possa ser feito chamamento, tampouco tempo hábil para a realização de concurso pública, será necessária a contratação de mão de obra terceirizada", escreveu a prefeitura na justificativa do projeto.  

Os cozinheiros que já têm contrato com a prefeitura permanecem em suas funções e as vagas serão extintas quando eles se aposentarem.  

Sindicato questiona
 
O sindicato municipal dos Servidores questiona a proposta da prefeitura, já que a entidade defende que a administração municipal deveria fazer a reposição dos cozinheiros por meio de concurso público.  

"Nossa direção já está fazendo um trabalho junto aos vereadores e estaremos presentes na sessão de quarta para cobrar a não aprovação do projeto", afirma o presidente do sindicato, Larte Carlos Augusto.



Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON