Aguarde...

Política

Sessão de cinema adaptada para autistas vira lei em Ribeirão

Os cinemas da cidade terão que reservar ao menos uma sessão ao mês; Luzes serão levemente acesas e som reduzido

| ACidadeON/Ribeirao

(Imagem: Pixabay)
 
A Prefeitura de Ribeirão Preto sancionou, na tarde desta segunda-feira, 3 de maio,  lei que obriga os cinemas da cidade a reservarem, no mínimo, uma sessão mensal destinada a crianças e adolescentes com Transtorno do Espectro Autista. 

A proposta é de autoria do ex-vereador Luciano Mega e do vereador Alessandro Maraca (MDB), atual presidente da Câmara.  

Segundo o texto publicado no Diário Oficial do Município (DOM), durante as sessões não serão exibidas publicidades comerciais, as luzes deverão estar levemente acesas e o volume do som será reduzido.  

As pessoas com autismo e seus familiares terão acesso irrestrito à sala de exibição, sendo permitido entrar e sair ao longo da exibição do filme. Os assentos não precisarão ser numerados.  

Além disso, as salas deverão ter um profissional qualificado para o atendimento e os filmes deverão ser apropriados a esses espectadores.



Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON