Aguarde...

Política

Vereador ofende Paulo Gustavo por ele ter marido e filhos

O fato ocorreu durante sessão ordinária da Câmara Municipal na última segunda-feira, 3 de maio, em fala para homenagear o Dia das Mães

| ACidadeON/Ribeirao

Vereador atacou Paulo Gustavo por ele ter marido e filhos (Imagem: Reprodução)
  
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS)  O vereador Donaldo Seling (Cidadania) da cidade paranaense de Maripá (a cerca de 500 km de Curitiba), fez referência ao ator Paulo Gustavo em um discurso em que atacou casais LGBT que têm filhos. O fato ocorreu durante sessão ordinária da Câmara Municipal na última segunda-feira, 3 de maio.

"Aí você vê uma notícia: o ator Gustavo -Gustavo é homem, né?- internado com Covid, e seu marido torcendo pela melhora dele. Nós estamos tendo um desentendimento, na minha opinião. Essa coisa moderna não serve para mim", disse Donaldo.

"Nós não podemos perder o que há no coração de uma mãe, o que a há de mais bonito numa família unida. Pai e mãe, não marido com marido, ou 'marida', não sei como se fala essa porcaria, de tanto que odeio isso", continuou.

O ataque aconteceu um dia antes da morte de Paulo Gustavo por complicações da Covid-19, que comoveu o Brasil e rendeu homenagens de colegas de profissão do ator, personalidades internacionais, fãs, e até do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que coleciona frases e posições agressivas contra homossexuais.

O vereador começou o ataque logo depois de ler uma mensagem de outra vereadora que dizia: "Parabéns às mães e aos pais que são mães", em referência ao Dia das Mães, comemorado no próximo domingo (9). Paulo Gustavo e Thales Bretas, seu marido, são pais de dois filhos, Romeu e Gael, de um ano.

"[Tem] o marido e o outro é marido também, nós não podemos pregar esse tipo de coisa. Tem que saber quem que seria a mulher dos dois, para poder agradecê-lo [parabenizá-lo] no Dia dos Pais", disse Seling. "Eu sou da época que homem é homem, mulher é mulher. Feliz Dia das Mães que são mães", finalizou. 

Partido 
 
O Cidadania, partido do vereador Donaldo, emitiu nota de repúdio às declarações dadas pelo parlamentar. Confira abaixo, na íntegra, a nota assinada por Rubens Bueno, presidente do Cidadania do Paraná: 

Diante das declarações realizadas pelo vereador Donaldo Seling, durante sessão plenária na câmara municipal de Maripá, o diretório estadual do Cidadania informa que o Conselho de Ética do partido já instaurou processo disciplinar e está notificando o filiado.
O Cidadania do Paraná afirma que as palavras do mandatário não refletem em nenhum aspecto a posição do partido e que não aprova atos homofóbicos ou qualquer outro tipo de preconceito. Destacamos também que a diversidade e a igualdade são a alma deste partido e lamenta as declarações do vereador.
Por fim, manifestamos nossa solidariedade e apoio a família, amigos e admiradores do ator e diretor Paulo Gustavo neste momento tão difícil.

Rubens Bueno
Presidente Estadual do Cidadania23


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON