Publicidade

politica

SP lança programa com previsão de 8 mil obras e R$ 47,5 bilhões

Proposta em ano pré-eleitoral ganhou o apelido de PAC do Doria; Segundo o governo, medida vai gerar 200 mil empregos

| ACidadeON/Ribeirao -

São Paulo promete financiar 8 mil obras (Imagem: Divulgação)
São Paulo promete financiar 8 mil obras (Imagem: Divulgação)

O Governador de São Paulo lançou, nesta quarta-feira (15), o Pró SP, um programa com estimativa de R$ 47,5 bilhões em investimentos até 2022. O pacote fala em 8 mil obras e geração de 200 mil empregos. Para o próximo ano, o orçamento do Estado prevê investimentos da ordem de R$ 25 bilhões, além de mais R$ 22,5 bilhões que estão sendo ou serão aplicados em 2021. 
 
Em ano pré-eleitoral, a proposta ganhou apelido de PAC do Doria. O PAC, Programa de Aceleração do Crescimento, foi um programa do Governo Federal, na gestão da ex-presidente Dilma Rousseff, que financiou obras, através da Caixa Econômica Federal, em todo o Brasil. O atual programa Ribeirão Mobilidade, da Prefeitura de Ribeirão Preto, tem a maioria das obras financiadas pelo PAC. 
 
Em 2022, Doria tem intenção de disputar a Presidência da República e seu atual vice, Rodrigo Garcia, deve disputar a permanência no Governo de São Paulo. 


Números


Com o anúncio, o Governo de São Paulo confirma o maior investimento estadual desde 2015, quando gastou R$ 18,5 bilhões em investimentos. Já na comparação aos orçamentos anuais geridos pela atual administração, o salto será de 81% em relação aos R$ 12,4 bilhões de 2020. 

Segundo o Governo Doria, o Pró SP reúne o maior conjunto de obras do pós-pandemia no Brasil, entre iniciativas públicas e também decorrentes de 11 concessões e PPPs (Parcerias Público-Privadas). 

O investimento de maior impacto é a retomada da construção da Linha-6 Laranja do Metrô. Com previsão de R$ 15 bilhões, a obra na capital é considerada a maior da América Latina na área de infraestrutura e já gera 3 mil empregos. A partir de janeiro de 2022, a Linha-6 deverá contar com 5 mil postos de trabalho e saltar para 9 mil vagas em março de 2024. 

O Pró SP inclui ainda a construção da Linha-17 do monotrilho e as extensões da Linha-2 Verde do Metrô e da Linha-9 da CPTM. A despoluição do rio Pinheiros, os Contornos da Rodovia dos Tamoios, o Hospital Pérola Byington e a concessão rodoviária Piracicaba-Pindorama, com 1,37 mil quilômetros de extensão, também integram o programa. 

O Governo do Estado publicou nesta quarta-feira a licitação para mais R$ 1 bilhão em obras do programa Novas Estradas Vicinais. Os valores serão usados para recuperar 456 quilômetros em 54 vias. O Palácio dos Bandeirantes ainda confirmou investimentos de R$ 400 milhões para recuperar 5 mil quilômetros de estradas de terra em todas as regiões do estado. 

Somente em obras rodoviárias, o Estado investe R$ 7 bilhões neste ano para recuperar e modernizar 5 mil quilômetros em 430 rodovias. O Governo de São Paulo também reforça o engajamento na gestão municipalista ao firmar 3076 convênios e reservar R$ 1,5 bilhão para obras em parceria com as 645 prefeituras paulistas. 

Já a previsão para 2022 lista R$ 6,5 bilhões para obras de logística e R$ 6 bilhões em mobilidade, além de recursos para projetos específicos das Secretarias Estaduais: R$ 1,7 bilhão em Agricultura e Desenvolvimento Regional; R$ 1,2 bilhão em Segurança Pública e Administração Penitenciária; R$ 1,2 bilhão em Saúde; R$ 1 bilhão para Educação; R$ 700 milhões em Turismo e Desenvolvimento Econômico; e R$ 6 bilhões para as demais áreas.

Mais notícias


Publicidade