Publicidade

politica

Prefeitura quer empréstimo de R$ 30 mi para obras de recapeamento

Financiamento deve ser contratado junto ao Desenvolve SP e é analisado pela Câmara de Ribeirão Preto

| ACidadeON/Ribeirao -

Recursos devem ser utilizados em obras de recapeamento em Ribeirão Preto (Foto: Divulgação / CCS)
 
A Prefeitura de Ribeirão Preto enviou para Câmara Municipal um projeto de lei que autoriza o município a contratar um empréstimo com a Agência de Fomento do Estado de São Paulo (Desenvolve SP), no valor de até R$ 30 milhões. 

LEIA MAIS - Audiências discutem orçamento bilionário para Ribeirão em 2022
 
Segundo a prefeitura, o dinheiro deve ser investido em obras de pavimentação e recapeamento asfáltico. O prazo total da contratação do financiamento é de 96 meses (oito anos), com 24 meses de carência e 72 meses de amortização (pagamento da dívida).  

De acordo com o projeto enviado para o Legislativo, a taxa de juros total prevista na contratação é de 8,25% ao ano.  

"O objetivo principal é oferecer maior segurança e conforto para o sistema de transportes coletivo urbano, para os condutores de veículos, assim como para os pedestres, intervindo nos locais, conforme apontado por demandas urgentes no Município", afirma o executivo na justificativa do projeto.  

Como garantia para o pagamento, a administração municipal ofereceu os repasses do ICMS, encaminhado pelo governo estadual e do Fundo de Participação dos Municípios.  

Os auditores da prefeitura responsáveis pelos cálculos do projeto, afirmam que é esperado o aumento das receitas do município para os próximos anos e que a situação econômica para os próximos anos esteja melhor do que as projeções.  

O projeto de lei está em fase de recebimento de emendas e deve ser analisado pelas comissões permanentes do Legislativo. A proposta deve ser votada até o início de dezembro.  

Asfalto em Ribeirão Preto
 
A última projeção de recapeamento das ruas e avenidas de Ribeirão Preto apresentado pela prefeitura apontava para recuperação de 515 quilômetros de vias, desde o início de 2017, o que representa 27% da malha viária da cidade.  

Contudo em 2017, o prefeito Duarte Nogueira (PSDB) estipulou como meta a recuperação de 750 quilômetros de ruas e avenidas até o final do primeiro mandato - veja mais aqui. 
 
(Foto: Weber Sian/ACidade ON)
(Foto: Weber Sian/ACidade ON)



Mais notícias


Publicidade