Publicidade

politica

Secretário é convocado após repasses da Prefeitura ao PróUrbano

Convocação do secretário de Administração foi aprovada pela Câmara de Ribeirão Preto na sessão desta quinta-feira (25)

| ACidadeON/Ribeirao -

Transporte coletivo urbano de Ribeirão Preto (Foto: Weber Sian / Arquivo ACidade ON)
 
A Câmara de Ribeirão Preto aprovou na sessão desta quinta-feira (25) a convocação do secretário de Administração, André Almeida de Moraes, para prestar esclarecimentos sobre o dinheiro repassado pelo município ao Consórcio PróUrbano, responsável pelo transporte coletivo na cidade.  

De acordo com o Portal da Transparência da Prefeitura de Ribeirão Preto, desde o início de 2021 foram repassados R$ 15,5 milhões ao PróUrbano - lembrando que a Câmara autorizou o executivo a fazer o repasse. A convocação foi aprovada a partir de projeto de resolução da Mesa Diretora, que ainda deve marcar uma sessão extraordinária para ouvir o secretário.  

O legislativo fez o projeto para convocação por conta de um requerimento do vereador Marcos Papa (CID), após publicação de comunicado do consórcio afirmando que corre o risco de entrar em colapso - lembrando que a secretaria de Administração é responsável pelos contratos da prefeitura.  

13º salário  

No início de novembro, o PróUrbano informou que sofre com prejuízos causados pela pandemia do novo coronavírus (covid-19) de R$ 56 milhões. Segundo o consórcio, isso poderia impedir o pagamento do 13º salário dos motoristas e outros funcionários das empresas de ônibus.  

Contudo, o presidente do Seeturp (Sindicato dos Empregados do Transporte Urbano de Ribeirão Preto), João Henrique Bueno, afirma que as empresas que fazem parte do consórcio PróUrbano informaram que estão em busca de recursos para o pagamento do 13º salário até o dia 30 de novembro. 

Bueno afirmou que as empresas comunicaram que o consórcio busca por empréstimos junto aos bancos. Além disso, ele afirma que os salários e pagamentos do adiantamento mensal dos motoristas, vale-alimentação e PLR (Programa de Participação nos Lucros e Resultados) estão em dia até o momento.  
 
Outro lado  

Anteriormente, a Prefeitura de Ribeirão Preto já havia informado por meio de nota que o secretário está à disposição do legislativo e que apresentará informações referentes ao contrato firmado com o Consórcio PróUrbano.
 
 
Câmara de Ribeirão Preto (Foto: Aline Pereira/Câmara Ribeirão)

Mais notícias


Publicidade