Publicidade

politica

Ribeirão quer abrir 207 novas vagas para professores efetivos

Projeto de lei complementar para criação dos novos cargos foi encaminhado para Câmara Municipal de Ribeirão Preto

| ACidadeON/Ribeirao -

Foto: Weber Sian / ACidade ON
 
A Prefeitura de Ribeirão Preto encaminhou para Câmara Municipal projeto de lei complementar que cria 207 novos cargos efetivos para professores de diversas áreas. Os novos profissionais serão direcionados para quatro novas escolas, que serão entregues no período entre 2022 e 2024. 

VEJA TAMBÉM 

Inscrições para o Bolsa do Povo em Ribeirão terminam na sexta
 

Ribeirão: Inscrições para 388 vagas do IBGE terminam nesta quarta
 
Os novos cargos:
 
- 50 cargos para professor de educação básica I;
- 40 cargos de professor de educação básica II;
- 4 cargos PEB III - Arte;
- 5 cargos PEB III - Ciências Físicas e Biológicas;
- 8 cargos PEB III - Educação Física;
- 3 cargos PEB III - Geografia;
- 5 cargos PEB III - História;
- 81 cargos PEB III - Inglês;
- 8 cargos PEB III - Língua Portuguesa;
- 3 cargos PEB III - Matemática.  

Atualmente, a rede municipal de ensino conta com 2.655 professores para as disciplinas que serão ofertadas.  

Segundo a prefeitura, as novas vagas que serão abertas são destinadas para atender a demanda da ampliação da rede de ensino, por conta das entregas das unidades Domingos Angerami, Adilson Canesin e Eponina Brito e Cristo Redentor, entre os anos de 2022 e 2024.  

Além disso, os profissionais também atenderão duas escolas que já existem, a Marlene Marriero Sibelli e Rosa Maria de Britto Cosenza.  

A prefeitura ainda informa que os professores são necessários por conta do aumento da carga horária semanal do ensino fundamental após a inclusão das aulas de Língua Inglesa nos anos iniciais e de oficinas de ensino de matemática, nos anos finais.  

Não há previsão para realização do concurso público para o preenchimento das vagas.  

Tramitação no Legislativo
 
O texto deu entrada na Câmara Municipal na última terça-feira (14) e foi aberto o prazo de 10 dias pare recebimento de emendas. Depois desse período, o projeto deve passar por avaliação das comissões permanentes, antes que possa ser votado em plenário.  

LEIA MAIS
 

Food trucks de Ribeirão querem mais espaço na praça da Bicicleta
 
  
Escola municipal em Ribeirão Preto (Foto: Prefeitura / CCS)



Publicidade