Sessão é suspensa após advogado temporário de Dárcy Vera aparecer

Alexandre Veloso Rocha se colocou à disposição de fazer a defesa técnica

    • ACidadeON/Ribeirao
    • Wesley Alcântara
Milena Aurea / A Cidade
Alexandre Veloso Rocha se apresentou como advogado temporário para fazer a defesa de Dárcy Vera (foto: Milena Aurea / A Cidade)

*NOTÍCIA ATUALIZADA ÀS 13H30

O presidente da Câmara de Ribeirão, Rodrigo Simões (PDT), suspendeu por 20 minutos a sessão extraordinária nesta manhã (15) após o comparecimento do advogado Ad hoc (temporário), Alexandre Veloso Rocha, para fazer a defesa técnica da ex-chefe do Executivo.

Rocha não é advogado próprio da ex-prefeita e não tem qualquer ligação com o processo da Comissão Processante.

VEJA FOTOS

Rocha se colocou à disposição de fazer a defesa técnica após o Legislativo procurar, sem sucesso, um advogado na Defensoria Pública e na OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

Mesmo com a presença de um advogado apenas para acompanhar a sessão, a defesa de Dárcy não poderá pedir a nulidade na Justiça. "Agora, existe um advogado que representa a defesa. Se os advogados de Dárcy tinham a estratégia de anular essa sessão, tudo foi por água abaixo", disse um vereador.

A sessão está suspensa para que o advogado tenha conhecimento total do processo da Comissão Processante.

Com a presença de um advogado Ad hoc (temporário) para fazer a defesa técnica da ex-prefeita Dárcy Vera (PSD), o presidente da Câmara, Rodrigo Simões (PDT), determinou o início das peças principais do processo de cassação que tramitou na CP (Comissão Processante). A leitura está sendo alternada entre os vereadores.

Já contribuíram com a leitura os vereadores Renato Zucoloto (PP), Otoniel Lima (PRB) e Boni (Rede).


Almoço

Por volta das 12h30, a sessão extraordinária da Câmara para votação da cassação da ex-prefeita Dárcy Vera (PSD) foi suspensa por 40 minutos para almoço dos vereadores.

Logo após a suspensão, o presidente da Câmara, Rodrigo Simões (PDT), determinará a leitura do relatório final da Comissão Processante.

Acredita-se que a leitura deve levar pelo menos duas horas, já que tem 47 páginas.

Rodrigo avaliou como positiva o andamento da sessão nesta manhã e afirmou que o aparecimento de um advogado Ad hoc (temporário) para fazer a defesa técnica da ex-prefeita Dárcy Vera resolve um possível questionamento jurídico no futuro.
 

LEIA MAIS

Dárcy Vera não comparece a sessão de cassação em Ribeirão Preto  

Dárcy Vera, do fenômeno das urnas à cassação política

 


0 Comentário(s)

Seja o primeiro a comentar.