Servidores mantêm greve e ameaçam parar tudo

Serviços no Daerp, GCM e Educação poderão ser paralisados; prefeitura afirma ter oferecido "todas as condições permitidas"

    • ACidadeON/Ribeirao
    • Cristiano Pavini
Renato Lopes / Especial
Servidores farão uma paralisação total do funcionalismo nesta quarta-feira (19), inclusive dos serviços no Daerp, Guarda Civil Municipal e Educação (Foto: Renato Lopes / Especial)

 

Os servidores decidiram, em assembleia realizada na noite desta terça-feira (18), pela paralisação total do funcionalismo nesta quarta-feira, inclusive dos serviços no Daerp, Guarda Civil Municipal e Educação – que estavam com a greve restringida por força de decisões liminares.

Hoje, a prefeitura apresentou nova proposta à categoria: manteve os 4,69% de reajuste, que alega ser referente à recomposição inflacionária de março de 2016 a fevereiro de 2017, mas diminuiu o parcelamento de três para duas parcelas, aplicadas em março e setembro.

Em assembleia, a oferta foi rejeitada. Servidores ouvidos pelo ACidade ON criticam, principalmente, o parcelamento, que implicaria em perdas reais no salário até setembro.

A prefeitura, em nota, afirmou que ofereceu “todas as condições financeiras, orçamentárias e legais” permitidas, e que qualquer benefício implicaria em infração na Lei de Responsabilidade Fiscal.

Um ato de protesto está agendado para às 10h desta quarta-feira, em frente ao Palácio Rio Branco.

Leia reportagem completa na edição desta quarta-feira (19) do A Cidade.


5 Comentário(s)

Comentário

Divaldo Antonio de Oliveira

Publicado:

Bando de vagabundos comandados por parasitas identificados como sindicalistas que promovem baderna para reivindicar direitos inexistentes e achacar a população que lhes paga o imerecido salário. É preciso acabar com o imposto sindical que só serve para enriquecer este bando de pelegos como o fez com Lula, Gurgiquem, Paulinho da força e Vicentinho, só para ficar com alguns. Como partidos políticos, sindicatos são um alto negocio para celerados, vadios e oportunistas.

Comentário

Bruno Andrade

Publicado:

Servidores estão insatisfeitos com o que a prefeitura pode lhes pagar... peçam demissão e vão procurar emprego em alguma empresa que esteja disposta a pagar o que vocês pedem. A população não pode ser refém do funcionalismo público. Sou a favor de privatizar tudo... assim o nível de atendimento melhoraria bastante. Na vida real é assim.. não está satisfeito, pede pra sair!

Comentário

elias

Publicado:

pq q a transerp e a coderp q os salarios sao pagos pela prefeitura, teve 6,69% de aumento salarial e o vale alimentacao de 825,00 para 1000,00. Pq pa eles podem e para o servidores nao, visto q muda somente o regimento de estatutario para clt. Gostaria de respostas.

Comentário

jorge santi

Publicado:

NÃO É POSSÍVEL ESSE PÉSSOAL. FAZEM CONCURSO PÚBLICO sabem das condições de trabalho, depois tem aposentadoria integral praticamente, não correm risco de serem demitidos como nos da iniciativa privada. num momento que temos quase 13 milhões de desempregados no País, oriunda essa crise de 13 anos de PT. QUE NO FUNDO esta promovendo esta onde de greves. É muito pra cabeça. Tenham pena da população sofrida, deem também a sua contribuição. Depois nao reclamem qdo essa mm população se volta conra essa usurpação de seus direitos.

Comentário

Denise

Publicado:

Isto é um absurdo ...