Aguarde...

Especial Névio Archibald

Prestes a ir para Brasília, Ricardo mira fim da 'saidinha'

O ex-vereador de Ribeirão Preto deve assumir a cadeira do deputado Luiz Flavio Gomes (PSB), na próxima semana

| ACidadeON/Ribeirao

Ricardo Silva deve tomar posso como suplente em Brasília (Foto: Arquivo / ACidade ON)
 
Próximo a assumir uma cadeira na Câmara dos Deputados, em Brasília, o ex-vereador de Ribeirão Preto Ricardo Silva (PSB) afirma que focará nas discussões da lei de execuções penais. Ricardo Silva deve tomar posse na próxima segunda-feira (17), em substituição do deputado Luiz Flávio Gomes (PSB), que solicitou afastamento por 121 dias para prosseguir com um tratamento contra o câncer.  

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS NOTÍCIAS SOBRE POLÍTICA EM RIBEIRÃO PRETO
 
Atualmente, alterações na lei de execução penal estão em trâmite na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara. Em contato com a coluna, Ricardo afirmou que esse será o objetivo "macro" nos quatro meses que deve permanecer no Legislativo Federal.  

"A questão da saidinha. Por exemplo, pessoas que cometeram crimes familiares e depois saem no Dia dos Pais. Certamente, vou apresentar alguns projetos de alteração da lei de execução penal, que eu acho que ela é falha nestes casos de crimes graves a pessoa ter direito bem no Dia dos Pais", comenta.  

Outros
 
Além disso, o ex-vereador disse que pretende participar de discussões sobre a reforma Política, que deve entrar na pauta dos deputados em 2020, como outros temas, tais como a reforma Tributária e a reforma Administrativa.  

Lembrando
 
Além dos 121 dias que ocupará uma cadeira na Câmara, Ricardo Silva poderá ter a permanência estendida. Isso porque, o PSB, partido do ex-vereador, cobra no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) a cadeira ocupada atualmente pelo deputado Luiz Lauro Filho (PSDB).   

O PSB afirma que o deputado campineiro participou de uma manobra do governador paulista João Dória (PSDB) para ter na liderança tucana na Câmara Federal um de seus aliados.  

Leia mais:
Negada liminar que poderia levar Ricardo Silva para Brasília  

Ricardo Silva pode herdar vaga na Câmara Federal


Mais do ACidade ON