Aguarde...

Especial Névio Archibald

Ribeirão tem 30 servidores afastados pela disputa das eleições

Sábado (26) é o último dia para registro das candidaturas das eleições municipais 2020

| ACidadeON/Ribeirao

Foto: Arquivo / ACidade Ribeirão Preto
 
De acordo com a secretaria de Administração, 30 servidores do município pediram o afastamento do trabalho para concorrer nas eleições municipais de 2020. Os registros das candidaturas junto à Justiça Eleitoral devem ser concluídos até este sábado (26). O afastamento é obrigatório conforme a legislação eleitoral.

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS NOTÍCIAS SOBRE POLÍTICA
 
Minutos finais
 
Até a noite desta sexta-feira (25), 391 pessoas já haviam sido inscritas como candidatas ao Legislativo Ribeirão Preto. Enquanto isso, dez pessoas haviam concluído o registro da candidatura à prefeitura do município.  

Manifestação da OAB
 
A subseção de Ribeirão Preto da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) divulgou comunicado defendendo o papel da entidade no pleito em 2020. "A 12ª Subseção [...] acompanhará atentamente as eleições municipais nas cidades abrangidas por sua base territorial [...] velando pela realização de eleições legítimas, que ao final assegurem a expressão da vontade popular".  
 
Contra determinação 

 
O sindicato municipal dos Servidores publicou uma contrária ao decreto da prefeitura que determina a volta das atividades presenciais dos funcionários afastados por fazerem parte do grupo de risco da covid-19. A entidade afirma que orienta os trabalhadores dos grupos considerados mais vulneráveis. 
 
Segundo o decreto da prefeitura, a volta das atividades presenciais deve acontecer no dia 1º de outubro. A administração afirma que os servidores que não se enquadram nas condições de retorno, deverão apresentar uma declaração que comprove comorbidade para que seja justificado a manutenção de seu enquadramento no grupo de risco.  

Leia mais:
Covid: prefeitura determina volta de servidores afastados




Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON