Aguarde...

Especial Névio Archibald

Obra do segundo Bom Prato de Ribeirão deve durar 9 meses

Ordem de serviço para o início da construção foi assinada nesta quarta-feira (24) pela prefeitura

| ACidadeON/Ribeirao

Projeção do prédio do novo Bom Prato (Imagem: Reprodução)
 
A Prefeitura de Ribeirão Preto assinou nesta quarta-feira (24) a ordem de serviço para construção do prédio que abrigará a segunda unidade do restaurante Bom Prato na cidade. As obras devem durar nove meses, a partir de agora, conforme o edital da obra. 

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS NOTÍCIAS SOBRE RIBEIRÃO PRETO
 
O imóvel será construído próximo do Hospital das Clínicas - cerca de 700 metros - e terá capacidade de para servir 1.400 refeições e 300 cafés da manhã por dia. A empresa responsável pela obra é a Construsantos Comércio e Construção Civil pelo valor de R$ 3,6 milhões.  

Vale salientar que, embora a construção seja de responsabilidade da prefeitura, o Bom Prato é um programa financiado pelo governo estadual.  

Novela
 
A novela sobre a construção da unidade do Hospital das Clínicas do Bom Prato se arrasta desde 2014, nas gestões da ex-prefeita Dárcy Vera (sem partido) e do ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB). Em 2019, o atual governador, João Doria (PSDB), disse que o local passaria a funcionar no primeiro semestre de 2020 - o que não ocorreu.  

Sabatina 

A Câmara Municipal de Ribeirão Preto vai ouvir os chefes das fundações da prefeitura e da Guarda Civil Metropolitana indicados pelo prefeito Duarte Nogueira (PSDB). A sessão extraordinária foi marcada para esta quinta-feira (25), a partir das 15h30.  

Passarão pelo Legislativo o diretor da Funtec (Fundação de Formação Tecnológica), Rodrigo Simões, a diretora do Procon, Ana Paulo Gentile, a superintendente do Sassom, Tássia Rezende, o presidente da Fundação Dom Pedro II, Nicanor Lopes, a superintendente da Fundação Instituto do Livro, Cris Bezerra, e o superintendente da Guarda Civil, Domingos Fortuna.




Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON