ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

vidautil

Corrida traz condicionamento para o tênis e novas amizades

"Vale a pena correr! Embora o início seja difícil, o corpo acostuma. Independente do objetivo", disse Eliane Buda, gerente comercial

| ACidadeON/Ribeirao

Eliane Buda (Arquivo Pessoal)

A gerente comercial Eliane Buda descobriu a corrida há sete anos, após mudar de academia. "Fazia musculação e fui estimulada pelo professor e por uma amiga", lembra. No início teve resistência. "Achava que não ia conseguir e não entendia os benefícios da corrida. Comecei um pouco de cada vez, tanto indoor como outdoor", conta. 

Tenista, Eliane passou a ter na corrida um meio de ganhar condicionamento, "fôlego e pulmão", além de qualidade de vida e amizades.
Segundo ela, para cumprir o desafio de continuar praticando, correr com outras pessoas faz toda a diferença.   

"Embora seja um esporte individual, é bom ter um companheiro com o mesmo objetivo para servir de incentivo, que tenha o mesmo ritmo, o mesmo pace. Isso foi importante para eu aprender a gostar", ressalta. 

Hoje, Eliane corre duas vezes por semana, sempre pela manhã e afirma que o mais difícil é a doutrina em relação ao horário do treino (por conta do clima) e a alimentação regrada. "Se condicionar ao que a corrida lhe pede exige muita disciplina", diz.  

Ela já participou de provas de 5, 7 e 10 quilômetros, inclusive da Corrida Integração, promovida pelo grupo EPTV, mas revela que atingiu seu limite de extensão de prova.  
 
"O condicionamento pra mim é cérebro. Não consigo superar o percurso maior por conta do tempo que ele envolve de corrida, além do condicionamento necessário. Este é o meu limite e já me trouxe muitos benefícios", afirma.
  
Não 'corra' riscos  
 
Apesar dos inúmeros benefícios, a corrida também pode causar lesões se não praticads de forma adequada, tanto em termos de técnica, quanto de treinos e equipamentos adequados.  

"Os maiores erros são postura errada, falta de tênis apropriado, de alongamento, de fortalecimento e de descanso e excesso de treinos", ressalta o educador físico Tom Osório. Ele cita as lesões mais comuns:
 
Lombalgia aguda
Dor na coluna lombar causada por lesão em um músculo ou ligamento. 

Tendinite de calcâneo
Lesão do tendão de Aquiles, que fica na parte de trás do pé e conecta os músculos da panturrilha aos ossos do calcanhar. Lesionado provoca dor no calcanhar e no tendão durante prática de atividades simples; 
 
Fascite plantar  
Inflamação do tecido chamado fáscia plantar, localizado na sola do pé, que conecta o calcâneo (osso que forma o calcanhar) aos dedos. Provoca dor forte próxima ao calcanhar;  

Condromalacea patelar:
Desgaste na cartilagem do joelho, uma doença crônica e muito dolorosa;  

Canelite  
Inflamação do osso da canela, da tíbia, seus tendões ou músculos. É caracterizada por dor na canela durante exercício físico;

Entorse de tornozelo
É umas das principais lesões esportivas e ocorre, na maioria das vezes, devido à inversão do pé, que provoca dor, inchaço e instabilidade do tornozelo; 
 
(Fonte: Tom Osório - educador físico da assessoria esportiva Acahdre Running Club (ARC)

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários

Veja também