Aguarde...

ACidadeON São Carlos

SÃO CARLOS
mín. 20ºC máx. 36ºC

Notícias

Confira a programação do mês de abril no Cineclube CDCC

As sessões são gratuitas e realizadas às 20 horas dos sábados de cada mês

| ACidadeON/São Carlos

Centro de Divulgação Científica e Cultural (CDCC) da USP em São Carlos
 

Com sessões gratuitas aos sábados, às 20 horas, o Cineclube do Centro de Divulgação Científica e Cultural (CDCC) da USP, localizado na Rua Nove de Julho, 1227, promoverá a seguinte programação no mês de abril de 2018:

07/04 - SABOTADOR  

Saboteur, EUA, 1942, Suspense, 109 minutos
Direção: Alfred Hitchcock
Elenco: Priscilla Lane, Robert Cummings, Otto Kruger  

Em meio aos esforços de guerra, Barry Kane é operário em uma fábrica de aviões usados durante a Segunda Guerra Mundial. Em um dia comum no trabalho, ele acaba esbarrando e conhecendo, em um encontro cheio de tensão, o misterioso funcionário Frank Fry. No mesmo dia, repentinamente, a fábrica começa a arder em chamas e Fry entrega um extintor a Kane, que o passa para um de seus amigos. O extintor, descobrimos então, contém gasolina, e além de aumentar as chamas, leva o amigo de Kane a morte. Barry suspeita que Fry é um sabotador, mas este some sem deixar pistas e a culpa recai toda sobre o jovem operário.  

Foragido da polícia, com apenas o nome de Fry e um endereço como pistas, Barry começa uma perseguição obstinada para provar sua inocência. No seu trajeto, acaba conhecendo muita gente, como Charles Tobin, um rico fascista, Pat Martin, uma jovem modelo que dá um toque romântico à aventura e outros personagens peculiares, como um cego generoso, uma família de aberrações circenses e um caminhoneiro simpático e verborrágico.  

Até certo ponto do filme, é quase impossível identificar que Sabotador se trata de uma propaganda americana de guerra. Mas é isso mesmo que ele é. Alfred Hitchcock soube disfarçar muito bem os diálogos patrióticos e discursos inflamados em meio a um enredo muito bem construído e seu tão aclamado suspense. Também é possível identificar uma sutil crítica a visão de mundo da época, através de uma inversão de papéis, onde ricos são sabotadores e os marginalizados, como o cego, as aberrações de circo ou até mesmo um simples caminhoneiro se mostram honestos e gentis.  

Sabotador não deixa nada a desejar para qualquer filme moderno de perseguição, cheio de correria, capturas e cenas icônicas, como aquela em que os personagens lutam pela liberdade dos EUA na tocha da Estátua da Liberdade.  

Felipe Augusto Hencklain
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Tema: Perseguição
Contém: Tensão

14/04 - MOSTRA DE CURTAS IMAGEM E SOM UFSCar 2017 (reapresentação)

Todos os anos, estudantes do curso de Imagem e Som da UFSCar realizam curtas-metragens como trabalhos de conclusão de curso. Porém, há muitos filmes amadores sendo feitos por alunos de todos os anos! Na 1ª Mostra de Curtas Imagem e Som, vamos conferir alguns dos trabalhos mais recentes produzidos durante a graduação, desde o primeiro até o quarto ano de curso!
Após a sessão, o público poderá conversar com os autores dos vídeos em um bate-papo descontraído. Participe!

CÉU SEM COR
2017, Drama, 13 minutos, Livre
Após um acidente, o artista plástico Roberto passa a ver o mundo em preto e branco, por dentro e por fora. Entre desenhos e trilhos, ele encontrará Thereza que o levará a andar na contramão, de volta à felicidade.

RECLUSO
2017, Drama, 14 minutos, 12 anos
Júlio experiencia o ócio enquanto acreditava estar sozinho em seu apartamento.

EM NOME DO PAI
Três irmãos precisam ocultar um segredo horrível antes que a mãe dos mesmos chegue em casa
2017, Drama, 8 minutos, 12 anos

O HOMEM DO SACO
2017, Terror/Suspense, 24 minutos, 14 anos
Numa pequena e isolada cidade do interior, um rapaz precisa buscar seu irmão caçula enquanto sua mãe está fora a trabalho. Com o Homem do Saco à espreita e uma criança desaparecida, manter seu irmão a salvo não será fácil.

IMPULSO
O término do namoro de um casal revela atitudes que podem ter consequências graves para ambos.
2017, Drama, 10 minutos

DE PASSAGEM
2017, Animação, 14 minutos, Livre
Um homem, insatisfeito com sua própria vida, se imagina vivendo cada dia na pele de um estranho diferente. O hábito foge do controle quando, um dia, ele encontra algo em uma dessas vidas que não tinha encontrado em nenhuma outra.

A REPÚBLICA
2017, Found Footage, Suspense/Comédia, 30 minutos, 14 anos
Cinco amigos universitários alugam uma casa com o intuito de montarem uma república. Mal sabem eles, mas a casa é mal-assombrada. Antigamente, era utilizada como centro para rituais de uma seita. Fatos estranhos acontecem diariamente no interior da casa, e um dos moradores desaparece.

ALÉM DAS ESTRELAS
 
2017, Live Action/Animação, 17 minutos, Livre
Ana tem muita pressa em terminar sua receita de bolo. Entre um ingrediente e outro, a jovem lida com memórias da infância, como a perda dos pais e os desafios de uma vida adulta na qual é responsável por sua avó, já bem idosa.
Indicado ao prêmio de melhor trilha sonora original para curtas no Fimucité, Festival Internacional de Música de Cine de Tenerife (Espanha, 2017), seleção oficial da Mostra de Cinema Universitário de Curitiba (2017) e da Mostra Audiovisual de Cambuquira (2017) além de integrar a filmoteca da Bogoshots Film Festival, dentro do 15º Bogotá Short Film Festival (Colômbia, 2017).

21/04 NÃO HAVERÁ SESSÃO

28/04 O TERCEIRO TIRO  

The Trouble with Harry, EUA, 1955, Comédia, 99 minutos
Direção: Alfred Hitchcock
Elenco: John Forsythe, Shirley Maclaine, Edmund Gwenn  

Caçando coelhos em uma mata nos arredores de um vilarejo da Nova Inglaterra, o aposentado Capitão Wiles dispara três vezes em uma direção incerta. Ao verificar o destino dos tiros, descobre que o primeiro atingiu uma lata, o segundo atingiu uma placa, e o terceiro... bem, na verdade o que ele encontra é Harry Worp, caído em uma colina, morto. A partir daí, enquanto o Capitão se esconde, uma sucessão de moradores de passagem pelo local acaba topando com o cadáver. Todos eles, comicamente, tratam a morte de Harry com indiferença e um certo sarcasmo. Além do Capitão Wiles, mais dois deles se consideram culpados pela morte de Worp: a senhorita Gravely, a solteirona local, e Jennifer Rogers, a viúva de Harry, que agradece à Providência pela morte do marido. Todos esses personagens, ajudados por Sam Marlowe, um artista apaixonado por Jennifer, enterram, desenterram e fazem "o diabo a quatro" com o corpo.  

Em O Terceiro Tiro, Alfred Hitchcock, o Mestre do Suspense, nos surpreende com uma comédia. Para não fugir muito dos padrões, o resultado na verdade é o que se chama de humor negro, o subgênero da comédia que trata de questões mórbidas. Nesse filme, isso é feito de maneira brilhante. O espectador não se sente chocado com situações que, na vida real, seriam consideradas macabras, como o desrespeito com o corpo de Harry, a indiferença para com a sua morte e as situações cômicas que o envolvem. Muito pelo contrário. Os personagens agem de maneira tão fora da realidade (isso fica claro, por exemplo, na indiferença de Sam em vender seus quadros), que nós sabemos se tratar de uma comédia, uma distorção da realidade. A "cereja do bolo" dessa incrível obra de Hitchcock são as incomparáveis cores das paisagens do estado de Vermont no outono, onde algumas cenas foram filmadas.  

Felipe Augusto Hencklain
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS  
Tema: Morte
Contém: Conflitos

Mais do ACidade ON