Escolas vão ajudar hospital de São Carlos com coleta de tampinhas Escolas vão ajudar hospital de São Carlos com coleta de tampinhas

Escolas vão ajudar hospital de São Carlos com coleta de tampinhas

Objetivo das 46 unidades é arrecadar fundos para a reforma da unidade, que atende também as cidades da região; entenda a iniciativa

Campanha 'Tampinha Literária' revertia valores em compra de livros para alunos. Foto: Divulgação/Santa Casa São Carlos

A Santa Casa de São Carlos entra agora em uma nova etapa da Campanha Tampinha Solidária. Com o objetivo de arrecadar fundos para a reforma da Maternidade Dona Francisca Cintra Silva, a unidade vai receber apoio de 46 escolas estaduais da região.

Há anos a diretoria regional de ensino desenvolve um programa de educação ambiental permanente, onde os alunos são ensinados sobre o descarte correto de resíduos sólidos, no caso o plástico das embalagens.

Apelidado de 'Tampinha Literária', o valor arrecadado com o recolhimento desse material nas unidades escolares dos municípios de São Carlos, Ibaté, Corumbataí, Descalvado, Itirapina, Dourado e Ribeirão Bonito vinha sendo revertido para livros de literatura, escolhidos pelos alunos, mas agora o projeto será dedicado à reforma da maternidade. 

LEIA MAIS

Após corte do MEC, orçamento da UFSCar tem queda de R$ 2,3 milhões 

Pesquisa de São Carlos usa meio barato para remover poluente do esgoto

'Em reunião com os grêmios estudantis e com as pessoas envolvidas, decidimos reverter toda nossa coleta para a campanha da Santa Casa', afirmou a Dirigente Regional de Ensino Débora Blanco. 

Escolas estaduais vão ajudar a Santa Casa de São Carlos com coleta de tampinhas. Foto: Divulgação/Santa Casa São Carlos
Segundo Débora, ensinar as crianças sobre o respeito ao meio ambiente é fundamental para o futuro da sociedade. 'Todos precisamos ter uma atitude consciente em relação aos resíduos sólidos, e entender que as tampinhas e todo plástico que geramos no dia a dia são um recurso importante que pode ajudar outras pessoas', complementou.

A Gerente de Captação de Recursos, Ângela Oioli, ressaltou o benefício desta aproximação da Santa Casa com as instituições da cidade e agradeceu a Diretoria Regional de Ensino pela ajuda.

'Além do ponto de vista financeiro, onde todo esse recurso das tampinhas e lacres será revertido para a reforma da Maternidade, nós temos a proteção ao meio ambiente. Quanto mais tampinhas recebermos, menos estarão nos rios, mares e no meio ambiente', disse. 

VEJA TAMBÉM 

São Carlos soma 140 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Thayná Cunha

Thayná Cunha é repórter do acidade on desde 2019. Formada em Jornalismo pela Universidade de Araraquara em 2017, atuou em assessoria de imprensa e foi editora do g1 São Carlos. Tem como editorias de maior interesse entretenimento, cultura e comportamento.+ info

Mais Notícias

Mais Notícias