Aguarde...

Cotidiano

Moradores desaprovam aumento na tarifa de ônibus em São Carlos

Segundo eles, o valor não condiz com a estrutura oferecida pela Suzantur, responsável pelo transporte público do município. Passagens devem ir para R$ 4,10 a partir de 2º de março

| ACidadeON/São Carlos

Moradores reclamam de aumento de passagem no transporte público de São Carlos. Foto: Divulgação

Moradores de São Carlos (SP) desaprovaram o aumento na tarifa de ônibus anunciado nesta quinta-feira (13), no Diário Oficial. Será cobrado R$ 4,10 a partir de 1º de março de 2020. Confira a tabela de valores atualizada para março.  

O aumento não foi bem visto entre os usuários do transporte público. Para muitos, o valor atual já não condiz com os serviços oferecidos pela Suzantur, tanto na questão de estrutura dos ônibus quanto as linhas que vão para os bairros.  

"O bairro que eu moro, Residencial Eduardo Abdelnur, tem um só para todo mundo, e quem depende de ônibus sofre bastante por lá. Acho que não é justo, é bem caro pelo que eles oferecem para nós. Deveriam abaixar e não aumentar", disse o eletricista Avacir Junior.  

Uma das principais queixas são a respeito da mudança de percurso da Linha 18, que atende os bairros Planalto Verde e Cidade Aracy II. "Não acho justo o aumento porque não tem ônibus. Faz mais de meia hora que estou parada. Está tudo péssimo, tiraram os ônibus do Aracy II e tiraram nosso Planalto Verde. A pior coisa é a quantidade de linhas de ônibus, deviam melhorar", contou a doméstica Inajar Damasceno.  

Com a junção das linhas, os usuários se queixam de atraso nos ônibus e a estrutura oferecida para bairros pontuais. "Na minha opinião, os horários nunca estão certos e os ônibus também, perto do nosso bairro são todos ônibus velhos e não colocam novos ônibus para nós, só para os bairros aqui do Centro, por isso acho que esse valor não está compensando", disse a auxiliar de loja Elene Alves Ferreira.  

Retorno 
A assessoria de imprensa informou que a Suzantur não irá se posicionar sobre o aumento. Já a prefeitura disse que deve se posicionar ainda nesta quinta-feira (13).

Mais do ACidade ON