Aguarde...

Cotidiano

Cultivo de plantas vira hobby e fonte de renda em São Carlos

Pandemia trouxe consigo novas opções para lazer e economia

| ACidadeON/São Carlos

Cultivo de plantas vira hobby e fonte de renda em São Carlos. Foto: Ely Venâncio/EPTV
Durante a pandemia de Covid-19, o cultivo de suculentas virou hobby e ajudou quem estava isolado em São Carlos (SP). Quem perdeu o emprego, também viu na jardinagem uma fonte de renda.

Essa foi uma alternativa para o autônomo Wellington Alves Maciel quando percebeu que a procura pelas plantas era grande. "Eu posto na rede social um arranjo, de repente vêm outras plantas, e aí uma cliente passa para outra", disse em entrevista à EPTV Central.

A planta, que possui várias cores e tamanhos, é muito conhecida por colecionadores. Com folhas grossas, sua principal característica é guardar água, o que lhe garantiu seu nome, suculenta.

Hobby
A costureira Solange Aparecida Rosa é colecionadora há mais de 15 anos e tem o quintal cheio de vasos com suculentas. Ela e as irmãs, Edivânia Rosa e Ângela Rosa, também costureiras, criaram um amor pelas plantas, que virou um passatempo e uma espécie de terapia para a família.

"Bem no início da pandemia, me vi isolada, sem ter o que fazer. Então para mim foi uma terapia, ocupou demais a cabeça. É muito gostoso ver [a planta se] desenvolver, crescer. São belas, uma mais bonita que a outra, e o belo faz bem para a vida", disse Solange.

"Agora é difícil parar. Você vai em um lugar e vê outro tipo [de suculenta], aí compra outra. Elas são fáceis de cultivar, algumas gostam de sol, outras gostam de sombra", completou Edivânia.

Fonte de renda
Mas além de terapia ou passatempo, a jardinagem virou uma fonte de renda para quem ficou desempregado. Há cinco meses, o autônomo Wellington Alves Maciel que alugava casa para festa, começou a cultivar as plantas para vender.  

As plantas são vendidas de R$ 5 até R$ 30, dependendo do tamanho. Segundo Maciel, a pretensão é continuar com o negócio e, posteriormente, expandir. "Eu queria mandar uma mensagem para as pessoas não desanimarem com a situação que elas estejam, porque há uma saída", explicou.

*Com informações do G1 São Carlos e Araraquara.

Mais do ACidade ON