Aguarde...

Cotidiano

Aumento no preço do gás deve chegar nesta segunda (11) a São Carlos

Consumidores já podem começar a sentir no bolso o reajuste de 6% anunciado pela Petrobras; botijões podem ultrapassar os R$ 90

| ACidadeON/São Carlos

Aumento de 6% foi anunciado pela Petrobras. Foto: Ilustrativa

A partir desta segunda-feira (11) o consumidor deve sentir no bolso o aumento de 6% no valor do gás de cozinha em São Carlos (SP). Com o reajuste anunciado pela Petrobras, o preço do item pode ultrapassar dos R$ 90.  

Em janeiro de 2020, o valor médio do botijão de 13 quilos no Estado de São Paulo era de R$ 68,30. Já em dezembro do mesmo ano, o valor médio era de R$ 73,38.   

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS NOTÍCIAS

Nas distribuidoras da região, o botijão que custa, em média, R$ 85 pode passar dos R$ 90. Esse é o primeiro aumento de 2021 e um dos maiores em comparação aos últimos anos.  

De acordo com João Delarissa, pesquisador do Núcleo de Economia do Sincomercio de Araraquara, alguns motivos explicam o aumento desse valor. "São diversos fatores que vão influenciar na alta o preço, mas os dois principais que podemos enunciar são a alta do preço do petróleo, uma vez que o gás de cozinha é derivado e produzido a partir do petróleo, e também a desvalorização o real frente ao dólar, uma vez que o dólar fica mais caro e isso encarece a importação e produção do GLP no Brasil", explicou.  

O aumento pode causar um impacto muito grande no orçamento das famílias, nas distribuidoras que não farão o repasse integral do valor e nas empresas que utilizam o gás como insumo, tais como padarias e restaurantes.  

Em nota, a Petrobras informou que desde novembro de 2019 igualou os preços de GLP para os segmentos residencial, comercial e industrial, e que o produto é vendido à distribuidoras a granel.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON