Publicidade

cotidiano

Dirigente aponta boa adesão ao retorno das aulas estaduais em São Carlos

A partir desta segunda-feira (2), unidades podem funcionar com até 100% da capacidade total; segundo Débora Blanco, 60% dos profissionais da educação já receberam segunda dose da vacina contra Covid-19

| ACidadeON/São Carlos -

Aulas retomadas na E.E. Professor Bento da Silva Cesar no primeiro semestre. Foto: Reprodução/Facebook

As escolas estaduais de São Carlos (SP) iniciaram nesta segunda-feira (2) o segundo semestre letivo deste ano, agora com até 100% de capacidade permitida. Neste momento o retorno presencial ainda não é obrigatório.

Segundo a dirigente regional de ensino Débora Gonzales Blanco, as unidades estão atuando de forma escalonada e com 50% a 70% de sua capacidade em sala de aula, com alguns casos atendendo 100%.

"Em geral, estamos de forma híbrida com duas turmas, uma presencial essa semana, e na semana seguinte essa turma entra em trabalho remoto e a turma que não está nesta semana, vem na semana que vem. Nós estamos trabalhando com 100% das escolas preparadas com os protocolos sanitários e todos os professores a postos", disse.

Débora afirma que a adesão foi positiva tanto entre os alunos quanto entre os professores e que o retorno está sendo produtivo em todas as escolas.

"Na semana passada tivemos uma manifestação de 60% a 80% de pais que se manifestaram favoravelmente ao retorno e que mandariam seus filhos, e nesta semana essa perspectiva aumenta muito. Hoje já teve muita gente procurando, que tinha feito a opção de ficar remoto, mas quer voltar", contou.

Neste momento, o retorno não é obrigatório, mas em entrevista ao Bom Dia SP, o secretário de Educação Rossieli Soares disse que neste mês será discutido um possível retorno obrigatório para o próximo mês. 

Veja mais:  

    - 80% temem contágio por Covid na volta às aulas presenciais em São Paulo, diz pesquisa 

    - Volta às aulas: uso incorreto de máscara aumenta em 1.000% casos de Covid

Vacinação
De com a dirigente, todos os profissionais da educação da região que voltaram ao presencial já tomaram a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Desses, 60% já completaram o esquema vacinal.

Para adolescentes entre 12 e 17 anos com deficiência ou comorbidades, a vacinação deve começar no dia 18 de agosto. Já para quem tem entre 15 e 17 anos, a previsão é para dia 30. (Veja o calendário aqui)

Protocolos
Desta vez, o critério para o retorno presencial é o distanciamento de um metro entre as cadeiras e o uso obrigatório de máscaras para estudantes e professores. 

Desde abril, as escolas estavam abertas para aulas presenciais, mas a presença dos estudantes estava limitada a 35% do total. No início do ano as escolas chegaram a abrir, mas com a piora da pandemia, as medidas restritivas foram intensificadas e as unidades passaram a receber apenas alunos em situação de vulnerabilidade.

Mais notícias


Publicidade