Publicidade

cotidiano

Estudantes da rede estadual devem fazer rematrícula até sexta-feira (17)

Continuidade dos estudos na mesma unidade escolar depende da sinalização, que deve ser feita por pais ou responsáveis no site da Secretaria Escolar Digital

| ACidadeON/São Carlos -

Aulas online revelam problemas de alunos de comunidade mais pobres
Foto: Ilustrativa

Estudantes da rede estadual que desejam dar continuidade aos estudos no próximo ano devem realizar a rematrícula até 17 de setembro. O processo é digital e deve ser feito pelos pais ou responsáveis. 

A sinalização é essencial para que os alunos permaneçam com a vaga ativa, possibilitando assim, conforme o ano ou série, a continuidade na mesma unidade escolar. 

"Para os que desejam continuar na mesma escola e até com a mesma turma no próximo ano, a rematrícula permite a continuidade da vaga, caso contrário, pode ser que ao fazer uma nova matrícula a vaga já esteja preenchida por outro estudante", explica o Secretário da Educação do Estado, Rossieli Soares. 

Para realizar o processo basta acessar a Secretaria Escolar Digital (SED) e, dentro do ambiente virtual, seguir o caminho: Área do responsável > Gestão escolar > Matrícula > Rematrícula. Também é possível fazer a rematrícula pela aplicativo Minha Escola SP e presencialmente em qualquer unidade escolar estadual. 

Rematrícula para ensino médio
Os estudantes que atualmente estão na 1ª série do ensino médio e prosseguirão para a 2ª série em 2022 deverão no ato da rematrícula escolher o itinerário formativo do Ensino Médio de São Paulo.

Para isso na hora da escolha será possível visualizar o itinerários disponível na unidade. Todas as escolas ofertam, pelo menos, dois itinerários, com todas as quatro áreas do conhecimento Linguagens, Matemática, Ciências Humanas e Ciências da Natureza. Os estudantes também terão opção de se matricular em outra unidade escolar, caso desejem cursar um itinerário não ofertado pela unidade atual. 

O currículo do Ensino Médio de São Paulo apresenta 11 possibilidades de aprofundamento curricular, sendo dez de áreas do conhecimento e uma de formação técnica, via Novotec Expresso ou Novotec Integrado.

Mais notícias


Publicidade