Publicidade

cotidiano

Jornalista e editora do ACidade ON Fernanda Manécolo morre aos 37 anos

Fernanda era de São Paulo, mas morava desde a infância em Araraquara, onde fez carreira no jornalismo

| ACidadeON/São Carlos -

Jornalista e editora Fernanda Manécolo. (Foto: Arquivo Pessoal)

Morreu nessa quinta-feira (7) a jornalista e editora do portal ACidade ON Araraquara, Fernanda Bolognese Manécolo Miquilini da Silva, aos 37 anos. Ela estava internada no hospital São Francisco, em Ribeirão Preto, devido a problemas cardíacos.

Fernanda era de São Paulo, mas morava desde a infância em Araraquara, onde fez carreira no jornalismo. Era casada com Fábio Michelin da Silva e mãe da pequena Valentina de 5 anos.

Na carreira ela teve passagens por diversos veículos de imprensa locais e sempre se destacou pelo olhar diferenciado da cobertura regional dos fatos. Ela se formou em jornalismo no ano de 2004 e desde então desempenhou um papel de destaque na cobertura de imprensa. Entre as passagens se destacou como repórter da revista Kappa e editora do portal K3.

Fernanda também trabalhou e se destacou no jornal a Tribuna Impressa que logo se tornou ACidade ON. No portal ela desempenhava um importante papel de repórter com diversas coberturas relevantes para a cidade. Pelo seu desempenho ela foi promovida a editora do portal em Araraquara cargo que atualmente desempenhava. 

Além de editora, Fernanda sempre foi fã das palavras e de boas histórias. Ela tinha um blog que chamava: 'Seu nome está na rua', pois gostava de contar causos dos moradores da cidade a qual era apaixonada. Uma de suas últimas postagens foi sobre o quanto gostava de dar voz a uma boa prosa.

No ACidade ON Fernanda se preocupava em trazer à realidade da cidade para os internautas do ON, mas também queria contar histórias bonitas e inspiradoras para que o portal ficasse mais leve, principalmente devido a tantas notícias mais difíceis trazidas pela pandemia de coronavírus. 

"Fernanda sempre foi a representação da força, competência e do amor à família. No trabalho ela era muito competente, não era uma chefe que ganhava as coisas no grito, mas na conversa. Entendia todos os problemas e orientava como deveria ser feito. Era tanta delicadeza que conquistou o respeito de todos. Ela tinha um carinho com o site, como se fosse um segundo filho, olhava e cuidava o dia todo, para que estivesse sempre atualizado. Ela tinha um coração enorme, acho que de tão grande, já não cabia mais no peito", afirmou a amiga e colega de trabalho Gabriela Martins.

"Fernanda era a cara do ON Araraquara, comprometida com a equipe e com a comunidade. Dona de ideias inovadoras e relevantes, deixa seu nome na história do jornalismo de Araraquara. É uma perda imensa para o grupo a sua partida repentina. Um dia triste para todos nós", afirmou Richard Aguiar diretor de programação e mídias digitais do Grupo EP.  

O Grupo EP se solidariza com amigos e familiares da jornalista. O velório acontecerá nesta sexta-feira (8), das 8h às 11h, na Igreja Presbiteriana Filadélfia, na Avenida Dr. Leite de Moraes, 521, Vila Xavier.

Mais notícias


Publicidade