Publicidade

cotidiano

Parlamentares realizam ato contra nova praça de pedágio na SP-310

Vereadores de São Carlos, Araraquara e Ibaté se reuniram na manhã desta terça-feira (26) no quilômetro 255, onde está prevista a instalação do pedágio

| ACidadeON/São Carlos -


Políticos se reuniram no quilômetro 255 da rodovia Washington Luís. Foto: CBN Araraquara

Parlamentares de São Carlos (SP), Araraquara (SP) e Ibaté (SP) realizaram na manhã desta terça-feira (26) uma manifestação no quilômetro 255 da Rodovia Washington Luís (SP-310), contra a implantação de uma nova praça de pedágio entre as cidades. 

A Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp) apresentou a proposta no dia 21 de outubro, durante uma audiência pública na capital paulista. A previsão é que o pedágio seja instalado entre os municípios de Ibaté e Araraquara, afetando também a capital da tecnologia. 

Na manifestação, compareceu o presidente da Câmara Municipal de São Carlos, Roselei Françoso. Na ocasião, ele declarou que os municípios estão unidos em repúdio à Artesp e que a praça vai isolar as cidades da região. 

"Nós temos um pedágio em Matão, a 33 quilômetros deste ponto. Instalar mais uma praça é segregar essa população de São Carlos, Ibaté e Araraquara. No caso aqui estamos representando a cidade de São Carlos, o presidente com os vereadores, mostrando que nós precisamos ter essa irmandade, essa interlocução entre as cidades. Nós temos na prefeitura de São Carlos, 110 profissionais que prestam serviço na prefeitura", comentou à CBN Araraquara.

O presidente da Câmara de Ibaté, Valentim Aparecido Fargoni, também destacou os impactos econômicos do pedágio na vida da população e citou falta de consciência dos responsáveis. 

"Não vê a situação que o país está passando, pandemia, grande número de pessoas desempregadas, preço de combustível, preço de alimentos no mercado, agora mais esse massacre em cima do povo. Nós estamos unidos, tudo que a gente puder fazer, a gente vai fazer pela não implantação da nova praça de pedágio aqui na nossa região. Só vai atrapalhar mais ainda a vida do povo que já está tão sofrida", comentou.  

Políticos se reuniram no quilômetro 255 da rodovia Washington Luís. Foto: CBN Araraquara

A deputada estadual Marcia Lia (PT) também compareceu ao ato e se mostrou totalmente contrária a medida e ressaltou que fazer mais uma praça no atual momento em que vive o país é "uma crueldade". 

"Isso vai encarecer ainda mais o frete, encarecer ainda mais a vida do empresário, daqueles que movimentam a economia da região, vai aumentar ainda mais o preço dos alimentos e vai fazer com que as pessoas sejam excluídas da possibilidade de ir e vir de São Carlos para Araraquara, Ibaté para Araraquara, tudo isso vai ser um grande transtorno, um grande problema para a nossa região", disse.

*Com informações da CBN Araraquara. 

Leia mais:  

Artesp estuda implantar pedágio entre São Carlos e Araraquara 

População e políticos reagem à proposta de novo pedágio na Washington Luís 

São Carlos pede audiência local para discutir pedágio na Washington Luís

Publicidade