Publicidade

cotidiano

HU promove live para discutir a recepção humanizada de prematuros

Segundo o inquérito sobre partos e nascimentos, feito pela Fiocruz, no Brasil a taxa de prematuros é de 11,5%, quase duas vezes superior à observada na Europa

| ACidadeON/São Carlos -

Prematuridade é tema de live do HU. (Foto: Shutterstock)
O Hospital Universitário (HU) realiza, nesta terça-feira (23), live para discutir a recepção humanizada para bebês prematuros. A transmissão acontecerá a partir das 15h no Youtube do HU.

A live "Nascimento prematuro: recepção humanizada e segura" é aberta a todo o público. A atividade integra as ações do Hospital em celebração ao Dia Mundial da Prematuridade, que marca o Novembro Roxo - cor que simboliza a sensibilidade e a individualidade, características que são muito peculiares aos bebês prematuros

De acordo com o inquérito nacional sobre partos e nascimentos, feito pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e divulgado em dezembro de 2016, no Brasil a taxa de prematuridade é de 11,5%, quase duas vezes superior à observada nos países europeus. A celebração do Dia Mundial da Prematuridade tem o objetivo de alertar sobre o crescente número de partos prematuros (quando o bebê nasce antes de completar 37 semanas de gestação), como preveni-los e informar a respeito das consequências do nascimento antecipado para o bebe?, para sua família e para a sociedade.

Neste ano, o tema global é "Separação Zero: Aja agora! Mantenha pais e bebês prematuros juntos". A temática destaca que a mãe tenha condições de ficar internada para acompanhar o filho prematuro o tempo todo e que o pai também tenha livre acesso. A intenção é dar visibilidade à importância da presença colaborativa dos pais nas Unidades Neonatais (UN), tanto para a saúde dos pais, como da criança.

Live do HU
Dentro da temática global do Novembro Roxo deste ano, a live do Hospital Universitário vai abordar o tema "Nascimento Prematuro: recepção humanizada e segura", que será apresentado por Ludmilla Alexandra Araujo Lewinsohn, pediatra do HU, e Ana Izaura Basso de Oliveira, enfermeira do Hospital. A moderação da atividade será de Monika Wernet, docente do Departamento de Enfermagem da UFSCar. 

A transmissão da live será pelo canal do HU no YouTube, a partir das 15 horas. Após o evento, a apresentação ficará disponível no canal para acesso posterior ao conteúdo.

Mais notícias


Publicidade