Publicidade

cotidiano

Escola infantil destruída em incêndio faz arrecadação para recomeçar

Unidade, que foi incendiada há uma semana, perdeu praticamente tudo, inclusive os brinquedos das crianças e itens como computador, armários e cadeiras; veja como ajudar a causa

| ACidadeON/São Carlos -

Escola infantil destruída em incêndio. Foto: Arquivo pessoal

Uma escola de educação infantil de São Carlos (SP) está arrecadando doações para tentar recomeçar os trabalhos após o incêndio que destruiu a maior parte dos itens da escola há uma semana. 

O coleginho Peppa Pig, que fica na rua Professor Moacir Moreira Cezar, no Jardim dos Coqueiros, foi atingido por chamas na noite da última segunda-feira (15). A suspeita é de que o fogo tenha sido causado por um curto circuito. 

De acordo com Ivana, mãe da proprietária, os vizinhos chegaram a tentar apagar o fogo, mas sem sucesso. As chamas destruíram muitos cômodos e itens de escritório, como impressora, computador, mesas, cadeiras e armários. 

"Também queimou todo o sulfite, calculadora, E.V.A, bicicletas, bola e cesta de basquete, traves de futebol. Logo depois o fogo passou para a sala de TV e queimou a televisão, o rack, o DVD, todos os CDs e DVDs, o tatame das crianças e os brinquedos", comentou. 

Ivana relatou que a fumaça foi para o fundo da escola e que por pouco não causou danos às carteiras das crianças, que tinham sido recém-compradas, mas os ventiladores também foram destruídos.

"Pretejou a escola inteirinha, manchou tudo a geladeira e o microondas, está horrível. Estão funcionando, mas todo manchado. Também perdemos todo o material de limpeza, álcool em gel, álcool 70, baldes, vassouras, copos das crianças", completou. 

Escola infantil destruída em incêndio. Foto: Arquivo pessoal
Ajuda da comunidade
Ivana comentou que muitas pessoas se juntaram para ajudar a escola infantil, que atende crianças do berçário ao pré, a se reerguer. Algumas mães conseguiram doações e estão fazendo rifas para arrecadação de verba, outras escolinhas doaram latas de tinta, e assim por diante.

Amigos chegaram até a criar uma vakinha virtual para tentar arrecadar dinheiro para as reformas que serão necessárias. Até o momento foram arrecadados quase R$ 300. (Clique aqui para acessar a vakinha) 

"Desde lápis a gente está precisando porque não nos sobrou nada. A gente sobrevive da escolinha, eu estava sem meu emprego e fiquei com ela para tentar nos ajudar, e aconteceu tudo isso. A gente está pedindo para todo mundo que pode nos ajudar, nem que seja com um saco de papel higiênico", concluiu.

Quem tiver interesse em ajudar, pode entrar em contato com os proprietários Jucilene e Marcos através do telefone (16) 99325-4472 ou (16) 99711-4840.

Mais notícias


Publicidade