Publicidade

cotidiano

Usuários do transporte público reclamam de aumento da tarifa em São Carlos

Moradores apontam má qualidade dos ônibus e valor exorbitante; preço vai subir de R$ 4,10 para R$ 4,50 a partir de 8 de dezembro

| ACidadeON/São Carlos -

Ponto de ônibus na rua Dona Alexandrina, em São Carlos. Foto: CBN

Usuários do transporte público coletivo estão descontentes com o aumento de R$ 0,40 na tarifa de ônibus em São Carlos (SP), que passa a valer a partir de 8 de dezembro. A medida vale apenas para pagamento em dinheiro. 

O anúncio da alteração não agradou quem depende do transporte para conseguir se locomover com frequência pela cidade, como é o caso de Josemeire Bispo, de 42 anos. Para ela, o serviço oferecido não pode justificar o novo valor. 

"Achei péssimo porque o pobre mal tem condições de comprar o que comer, quanto mais para pagar passagem de ônibus a R$ 4,50 para se locomover do trabalho para casa, para o médico, para o centro da cidade. Não vai ser favorável para mim e creio que para muitos também. A gente já paga um absurdo e não tem algo em troca o suficiente pelo que pagamos", relatou.

O motorista Edson Donizete Teixeira relatou que utiliza o transporte às vezes e até acha que a qualidade dos ônibus estão boas, mas ainda existe problema com os horários. "Acho que é um absurdo, é bem caro. O salário não sobe, mas com a passagem do ônibus subindo desse jeito fica difícil. O reajuste não veio em um bom momento", comentou.

A operadora de caixa Kelly Cristina Ribeiro de Souza, de 38 anos, utiliza o transporte diariamente, mas por efetuar o pagamento em cartão não sentirá no bolso o efeito do aumento. No entanto, ela ressalta que o aumento não é justo com os problemas enfrentados pelos usuários.

"Não acho certo porque os ônibus não estão em boas condições, são atrasados e cortam muitas linhas. As dificuldades são os atrasos, quando não atrasam passam adiantados e cortam muitas linhas de final de semana para nós que trabalhamos. Tem alguns que nem banco tem para sentar. Não é certo, eu lutaria contra se fosse para abaixar", disse. 

Ponto de ônibus na Av. São Carlos. Foto: CBN São Carlos
Reajuste
A partir de 8 de dezembro, os valores serão reajustados para todas as categorias - com exceção de quem utiliza o cartão individual de recarga eletrônica, que deve permanecer com a passagem a R$ 4,10.

Segundo a prefeitura, o último reajuste no valor foi em fevereiro de 2020. No acumulado dos últimos 21 meses, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que funciona como medidor da inflação, é de 12,89%, porém foi aplicado o índice de 9,75%. 

Veja como ficam os valores:
- Estudantes - R$ 2,25 (50% de desconto)
- Domésticas, aposentados e pensionistas com salário mínimo - R$ 2,70 (40% de desconto)
- Domésticas Faixa II, aposentados e pensionistas com dois salários mínimos - R$ 3,60 (20% de desconto)
- Tarifa normal para usuários em geral, incluindo linhas da Água Vermelha e Santa Eudóxia - R$ 4,50

Mais notícias


Publicidade