Publicidade

cotidiano

Furtos em empresas continuam dando prejuízos em São Carlos

Bairros Jardim São Paulo e Parque São José continuam entre os maiores alvos dos bandidos

| ACidadeON/São Carlos -


Empresa teve hidrômetro furtado. Foto: Reprodução/EPTV

Os diversos furtos em empresas de São Carlos continuam dando prejuízos significativos aos empresários, que muitas vezes chegam a suspender as atividades por dia para tentar repor os materiais levados. Para muitos, falta segurança e atenção do poder público na região.

Atualmente, os bairros Jardim São Paulo e Parque São José estão entre os alvos constantes. Por serem locais que concentram uma quantidade grande de fábricas e empresas, nem mesmo as câmeras de segurança intimidam os ladrões.

A coordenadora de uma gráfica no Jardim São Paulo, Anali Moreno, foi uma das vítimas. "Já levaram a fiação do quadro de força do barracão, fica em torno de uns R$ 20 mil, e o transformador em torno de uns R$ 30 mil. Virando a rua nós temos também uma janelinha que dá acesso ao barracão, já estouraram os vidros e levaram máquinas, máquina de destaque que é em torno de R$ 5 mil e é específica, não se acha pronta. Já levaram moto de funcionário nosso em plena 15h, ele saiu às 16h para pegar a moto e não estava lá", disse.

Na mecânica do empresário José Fontana, os bandidos levaram o hidrômetro e deixaram o dono no prejuízo . "Vim cedo para trabalhar, aquela água jorrando para fora, estouraram todo o hidrômetro, o negócio é sério. Está difícil, a insegurança aqui é muito forte, nós não temos segurança nenhuma, dá muito medo", contou. 

Iluminação pública foi alvo de furto no Jardim São Paulo. Foto: Reprodução/EPTV
A empresária Vanessa Cristina Carrasco da Vera também tem uma empresa pela região e não conseguiu escapar dos furtos. "Eles levaram todo o cabeamento que começa no transformador e desce até a rede, levaram mercadorias, uma parte do portão e coisas menores. O prejuízo é muito grande, muito mesmo. A gente fica dias parados, fora repor o material, a mão de obra".

O mato alto em volta de algumas empresas, segundo os empresários, também contribui com a criminalidade e acaba virando um ponto de esconderijo para os bandidos. Alguns locais, inclusive, tiveram até a iluminação pública levada.

A insegurança é tanta que eles se reuniram para pedir um reforço no policiamento. "A gente espera mais policiamento, que a gente entende que a cidade inteira está precisando, mas esse bairro é escancarado que estão acontecendo as coisas aqui, e mais ação do poder público porque é um bairro que gera centenas de empregos, arrecada tanto imposto para a cidade e o Estado e a gente está nessa situação. É lamentável", comentou o empresário Victor Manieri Shutzer. 

Mato alto no Jardim São Paulo. Foto: Reprodução/EPTV
Em busca de respostas
Em nota enviadas à EPTV Central, a CPFL Paulista informou que mandou uma equipe para inspecionar e quantificar as lâmpadas apagadas nos locais citados para providenciar os reparos. Os moradores lesados devem registrar a reclamação pelo site da empresa, aplicativo ou pelo telefone 0800-010-1010.

Também questionada, a Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP) informou que as polícias Civil e Militar estão ampliando e intensificando as operações para coibir roubo, furto e a receptação de fios e cabos elétricos.

Já a prefeitura de São Carlos disse que a limpeza dos terrenos é de responsabilidade dos donos, que estão sendo notificados em toda a cidade.

Mais notícias


Publicidade