Publicidade

cotidiano

Brasil confirma o sétimo caso de varíola dos macacos

O caso mais recente foi confirmado no estado do Rio Grande do Sul, enquanto São Paulo soma quatro casos e Rio de Janeiro tem um

| ACidadeON/São Carlos -

 

Brasil confirma o 7º caso de varíola do macaco. (Foto: Cynthia S. Goldsmith, Russell Regner/CDC)
A Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul confirmou o segundo caso de varíola dos macacos neste sábado (18), elevando para sete os casos confirmados no Brasil. 

O caso recente é de um homem de 34 anos que estava em viagem à Europa. O diagnóstico foi dado laboratorialmente, no Instituto Adolf Lutz, na capital paulista. 

Segundo a secretaria, ele apresenta apenas sintomas leves e um quadro clínico estável. Todas as pessoas que tiveram contato com o homem nos últimos dias serão monitoradas pela pasta. 

O estado de São Paulo já soma quatro casos positivos para a doença, enquanto o Rio de Janeiro confirmou um contaminado. Além dos confirmados, outros 13 casos seguem em investigação. 

Com a crescente confirmação de casos da doença, o Ministério da Saúde alerta para a importância de identificação e isolamento dos casos, de modo a evitar que a doença caracterize uma epidemia no país.

Sobre a doença

A varíola é uma doença viral que infecta majoritariamente macacos, mas que acidentalmente pode contaminar humanos, como tem acontecido em vários países. 

Os sintomas mais comuns da doença são: febre, dor de cabeça, dores musculares, calafrios, erupções na pele e exaustão. 

O contágio pela doença se dá por meio do contato com a saliva ou gotículas das mucosas exaladas por alguém infectado, além do contato com as feridas na pele de pessoas contaminadas.
  

LEIA MAIS 
  
Em 15 dias, São Carlos supera casos de Covid registrados em maio

Publicidade