Publicidade

cotidiano

Após alta do frete, 62% dos consumidores desistem de compras online

Segundo economistas, o aumento no preço dos combustíveis é a maior motivação para o salto nos serviços de logística

| ACidadeON/São Carlos -

 

Cerca de 62% dos consumidores desistem de compra online. (Foto: Divulgação)
Cerca de 62% dos consumidores desistem de compra online. (Foto: Divulgação)
Uma pesquisa realizada pela plataforma online Octadesk, em parceria com a Opinion Box, revelou que cerca de 62% dos consumidores desistiram de uma compra online devido ao aumento do preço do frete. 

Segundo economistas, o aumento no preço dos combustíveis é a maior motivação para o avanço significativo no preço do frete de mercadorias. 

Em São Carlos, o preço do diesel que abastece os caminhões, responsáveis pela entrega de mercadorias compradas pela internet, subiu substancialmente na última semana, após o reajuste anunciado pela Petrobras. 

Um dos postos da cidade chegou a registrar um aumento percentual de 30,9% no preço do óleo diesel, que subiu de R$ 6,86 para R$ 8,98. 

Assim, com o frete mais caro, alguns consumidores voltaram a dar preferência para as compras em loja física, mesmo que este meio seja menos prático do que as compras online. 

Como a inflação avançou em 2022, as compras físicas também ficaram mais caras, bem como as digitais, mas o preço do frete eleva ainda mais o orçamento final da compra, levando muitos consumidores a desistir dos produtos. 

Mesmo com a alta no preço do frete, a Associação brasileira de comércio eletrônico (Abcomm) estimou que as compras online tendem a subir 12% no Brasil até o final de 2022 e a projeção de faturamento do setor é de R$ 169 bilhões.
 
LEIA MAIS 
 
Acidente entre carro e moto deixa mulher levemente ferida em São Carlos

Publicidade