Publicidade

cotidiano

Pesquisa da UFSCar busca idosos com Alzheimer para análise corporal

Podem participar homens e mulheres, com 65 anos ou mais, que tenham a doença em grau leve ou moderado e que não possuam outras doenças neurológicas

| ACidadeON/São Carlos -

 

Pesquisa da UFSCar busca idosos com Alzheimer para análise corporal. (Foto: geralt / Pixabay)
Uma pesquisa do Departamento de Fisioterapia da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) está em busca de idosos diagnosticados com Alzheimer para participar do estudo que analisa a composição corporal de pessoas com a doença. 

Podem participar homens e mulheres, com idade igual ou superior a 65 anos, que tenham a doença em grau leve ou moderado, que não possuam outras doenças neurológicas ou implantes metálicos. 

Para participar, basta entrar em contato com a pesquisadora responsável, pelo endereço eduardasenni@estudante.ufscar.br ou pelo telefone (16) 99623-6507 e fazer o agendamento da avaliação.  

VEJA TAMBÉM 
UFSCar abre inscrições para alunos especiais na pós de filosofia  
Companhia de teatro oferece oficinas gratuitas de encenação em São Carlos

Os voluntários deverão passar por uma avaliação física e corporal, além de realizarem testes clínicos e cognitivos que serão feitos em um único encontro presencial na UFSCar, com duração média de 1 hora. No dia, os participantes precisam estar em jejum de, ao menos, quatro horas. 

A pesquisa, que está em sua segunda fase, prevê coletar dados sobre a composição corporal de pessoas com Alzheimer para confirmar ou contestar a hipótese de que idosos com baixa densidade mineral óssea, com acúmulo de gordura visceral e perda de massa muscular são mais propensos a desenvolver o Alzheimer ou uma forma mais grave da doença, conforme apontam estudos preliminares.
 
LEIA MAIS 
Confira a receita de rocambole de doce de leite com massa no ponto perfeito 
Após vazamento, Beyoncé lança oficialmente Renaissance

Publicidade