Aguarde...

ACidadeON São Carlos

SÃO CARLOS
mín. 20ºC máx. 36ºC

Cotidiano

Emancipação do Cidade Aracy divide opiniões de moradores

Especialistas alertam para possíveis problemas nas áreas de saúde e outros serviços públicos. "Gasto seria de, no mínimo, R$ 2 milhões por ano", prevê consultor

| ACidadeON/São Carlos

Moradores da região conhecida como Grande Aracy estão divididos a respeito da proposta de transformar o local em um município independente. A Câmara de Vereadores de São Carlos abriu uma consulta pública online para saber se os moradores concordam a medida. Ao analisarem a proposta, especialistas também demonstraram preocupações a respeito de alguns pontos.  

A nova cidade incluiria todos os bairros que formam a região apelidada de "Grande Aracy'. Ela abrange os bairros Parque Novo Mundo, Antenor Garcia, Jardim Zavaglia, Eduardo Abdelnur, Presidente Color, Planalto Verde, Ceat, além dos bairros Cidade Aracy 1 e 2. O local começou a ter casas há cerca de 30 anos e atualmente vivem 80 mil habitantes no lugar.  

Para transformar um bairro ou uma região em uma nova cidade, não basta ter tamanho ou um número grande de moradores. O processo é burocrático e só seria possível se fosse aprovado um projeto de lei que ainda tramita no Congresso Nacional.  

Mesmo assim, a Câmara de Vereadores de São Carlos criou uma consulta pública para descobrir o que a população pensa da ideia. A consulta, que pode ser respondida pela internet, no site da Câmara Municipal é o que vai decidir se vale a pena ou não continuar com o projeto de emancipação da região.   

Cidade Aracy em São Carlos

Os processos que viriam depois disso ainda dependem da aprovação da lei. "A ideia é que com a consulta assim a gente consiga que a assembleia legislativa promova um estudo de viabilidade, porque é ele que vai dizer se é viável ou não, e após isso um plebiscito para consultar a população", disse o vereador Paraná Filho.  

O administrador público Matheus Bernardo Delbon explicou que, independente da aprovação da lei federal, a lei do Estado de São Paulo não pode ser ignorada. Atualmente é ela que regulamenta a criação de novos municípios. "Primeiro teria que ser criado um distrito por dois anos, para depois se pleitear a possibilidade de desmembramento. Tecnicamente não é bom. Talvez você ganhe em proximidade de alguns serviços, mas perde ganho de escalas em serviços internos como sistema de abastecimento, coleta e tratamento de esgoto", afirmou Delbon.  

O custo da separação da Cidade Aracy também poderia ser alto. "Afinal de contas o local vai ter quer ter seis secretários básicos pelo menos, prefeito, vice-prefeito, ao menos 15 vereadores, então o gasto seria de, no mínimo, R$ 2 milhões por ano", explicou o consultor de políticas públicas Luís Adriano Alves Pinto.  

Mesmo que a nova gestão decidisse não construir prédios para prefeitura e outras repartições públicas, algumas obras seriam inevitáveis. Com relação à saúde, a estrutura que existe hoje ainda não seria o suficiente. "Na questão do hospital é algo urgente na criação de um município, senão, quem ficar doente e precisar de cirurgia teria que ir a São Carlos, é uma questão que demanda tempo e recursos investidos", completou o consultor.   

O administrador público Matheus Bernardo Delbon acredita que os problemas apontados pelos moradores da região poderiam ser amenizados com a criação de uma subprefeitura. "A própria prefeitura rever essa área da cidade que tem suas peculiaridades e dar maior atenção a ela, talvez criando uma subprefeitura especifica que possa tratar de assuntos da região", disse Delbon.   

Emancipação do Cidade Aracy divide opiniões de moradores

Opiniões
Os moradores dos bairros que compõe a "Grande Ararcy" têm opiniões diferentes. Alguns concordam com a emancipação da área e outros não.  

"Os IPTUs, tudo que é gasto na cidade vai voltar para a Cidade Aracy, acho isso muito boa, acho que já era para ter sido feito", disse o motorista José Carlos Ribeiro.  

"Sou contra, acho que o bairro vai ficar muito abandonado, para ser uma cidade aqui precisa de muitas coisas ainda", afirmou a operadora de estacionamento Elizangela Ferreira Teixera.  

"Acho que tem um interesse político por trás, não pensando na população", disse o motoboy Juari Gonçalves.  

Cidade Aracy em São Carlos


Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Veja também