Aguarde...

ACidadeON São Carlos

SÃO CARLOS
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Dória promete privatizar aeroporto de São Carlos e mais 19 no Estado

Medida foi anunciada hoje, em Barretos. ACidadeON publica a lista das áreas que entrarão na privatização por meio de concessão

| ACidadeON/Araraquara

Aeroporto de São Carlos entra na lista do governador

Em sua primeira visita oficial ao interior de São Paulo, nesta terça-feira, o governador João Doria (PSDB) prometeu privatizar todos os 20 aeroportos que estão ligados ao Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp). Entre eles, estão o de Araraquara e São Carlos. O anuncio foi feito justamente quando ele autorizou os estudos para a inclusão do Aeroporto de Barretos no Programa Estadual de Privatização dos Aeroportos do Governo.

Os projetos serão desenvolvidos pela Agência Reguladora de Transportes (Artesp) e pelo Daesp. Os dois órgãos elaborarão estudos de viabilidade técnica e econômica. "Temos 20 aeroportos que serão repassados à iniciativa privada em regime de concessão. Já orientamos a equipe para preparar a concessão de todos os aeroportos", destaca o governador.

"Teremos uma reunião com todos os presidentes das companhias aéreas brasileiras e o presidente da ANAC para planejar esse programa, que será desenvolvido em quatro anos. Não é um fato instantâneo e faremos com planejamento", explica Doria. Sem voos regulares, o Aeroporto de Araraquara é utilizado para movimentações privadas. No ano passado, foram mais de 4.400, segundo o Daesp. Em São Carlos, foram 1,5 mil voos.
 

Passageiros desembarcam no Aeroporto de Araraquara (Marcos Leandro/Tribuna Impressa)
Araraquara 
 
O Aeroporto de Araraquara foi reinaugurado em dezembro de 2013, na época, pelo ex-governador Geraldo Alckmin. O novo terminal de passageiros do Aeroporto Estadual Bartolomeu de Gusmão (Araraquara) vinha com a pompa do primeiro voo comercial da Companhia Azul Linhas Aéreas na região. O que não durou muito. Para tanto, foram investidos R$ 7,4 milhões em obras para a construção do novo terminal, adequação da pista e implantação de sistema viário.

O terminal de passageiros passou de 210 m² para 1.600 m², oito vezes o tamanho antigo. Passou a comportar salas de embarque e desembarque, área para check in e espaços comerciais para lojas e locadoras de veículos. A obra foi iniciada em fevereiro de 2012 e concluída quase um ano depois. Mas, o espaço virou uma ótima obra para ser vista e não ser utilizada pela população.

Em dezembro de 2014 a Azul deixou de operar em Araraquara. Na época, a empresa alegou baixa demanda, mas a não aprovação de medida provisória que cria o Programa de Desenvolvimento da Aviação Regional é o que pesou na decisão. A companhia teria benefícios fiscais caso fosse aprovada e ela mantivesse os voos na cidade. Sem isso, os voos regulares deixaram de existir e o espaço se tornou praticamente privado.    

São Carlos 
 
Importante lembrar que em novembro do ano passado, a Receita Federal do Brasil alfandegou duas áreas do Aeroporto Internacional Mário Pereira Lopes (São Carlos), conforme publicação no Diário Oficial. Com esta medida, o aeroporto administrado pelo Daesp passou a ser autorizado a receber voos internacionais destinados exclusivamente à manutenção e reparos de aeronaves.
 
Veja a lista dos Aeroportos administrado pelo Daesp que entrarão na privatização por meio de concessão:
 
ANDRADINA  
ARAÇATUBA  
ARARAQUARA
ASSIS  
AVARÉ
BAURU 
DRACENA  
FRANCA 
MARÍLIA 
PENÁPOLIS 
PRESIDENTE EPITÁCIO 

PRESIDENTE PRUDENTE 
REGISTRO 
RIBEIRÃO PRETO
SÃO CARLOS 
SÃO JOSÉ RIO PRETO  
SÃO MANUEL
SOROCABA 
TUPÃ  
VOTUPORANGA




Mais do ACidade ON