Aguarde...

ACidadeON São Carlos

SÃO CARLOS
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Vacinação contra a gripe imuniza mil pessoas em três dias

Vacina será aplicada exclusivamente em crianças, gestantes e puérperas até o dia 19 de abril. Em 2018, São Carlos registrou três mortes causadas pela doença

| ACidadeON/São Carlos

Vacinação contra a gripe
 

As unidades Básicas de Saúde e as Unidades de Saúde da Família de São Carlos já imunizaram 1.005 pessoas desde a última quarta-feira (10/4), quando teve início a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza.  

Até o momento foram aplicadas 727 doses em crianças (cobertura de 4,75%), 242 doses em gestantes (cobertura de 10,29%) e 36 doses em puérperas (cobertura de 9,30%).  

Até o próximo dia 18 de abril, já que dia 19 é feriado e as unidades de saúde não abrem, a vacina será aplicada exclusivamente em crianças, de 6 meses a 6 anos incompletos, gestantes e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto). De 22 de abril até 31 de maio serão disponibilizadas vacinas também para os idosos (60 anos ou mais), trabalhadores da saúde, professores das redes pública e privada, doentes crônicos, indígenas, pessoas privadas de liberdade, o que inclui adolescentes e jovens em medidas socioeducativas.  

De acordo com Kátia Spiller, supervisora da Vigilância Epidemiológica, os pais devem ficar atentos e procurar uma unidade de saúde, de preferência até o dia 18, para vacinar seus filhos. "Pelos números a menor procura até agora foi do grupo das crianças. Vale ressaltar que esses grupos foram incluídos nesta primeira etapa porque podem ter sérias complicações se tiverem a gripe causada pelo vírus influenza", ressalta a supervisora.  

Em São Carlos mais de 58 mil pessoas devem ser imunizadas até 31 de maio. A meta da Vigilância Epidemiológica é vacinar pelo menos 90% desse total.

Em 2018 a cobertura fechou em 81,31% no município. O grupo das crianças (54,87%) e o das gestantes (55,17%) foram os que apresentaram as coberturas mais baixas. Já o grupo dos idosos (90,13%) e das puérperas (96,11%) foram os com coberturas mais altas, sendo aplicadas 26.374 em idosos, 6.924 em crianças, 6.372 em trabalhadores da saúde, 1.296 em gestantes e 371 doses em puérperas, entre outros grupos.  

Ano passado São Carlos registrou 52 casos suspeitos de síndrome respiratória aguda grave, com 7 casos confirmados (positivos) para influenza e 3 óbitos.