Aguarde...

ACidadeON São Carlos

SÃO CARLOS
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Onça-parda invade casas e assusta moradores em São Carlos

Animal foi capturado com o apoio do Corpo de Bombeiros, Polícia Ambiental e Parque Ecológico

| ACidadeON/São Carlos

Onça tentou se esconder em uma garagem na Vila Monteiro - Foto: ACidade ON São Carlos

Uma onça-parda deu trabalho para veterinários, agentes da Polícia Ambiental e do Corpo de Bombeiros na manhã desta sexta-feira (19). O animal invadiu diversas casas pela Vila Monteiro e aglomerou dezenas de curiosos. 

Por volta das 6h30 da manhã, a técnica de enfermagem Márcia Maria Xavier, de 43 anos, foi a primeira a avistar a onça na própria garagem. "Por esse horário, a gente costuma acordar para trabalhar e já abre a porta do quintal para o cachorro sair. Eu vi que ele voltou assustado para dentro de casa, mas jamais iria imaginar que seria uma onça", relatou.  

A suçuarana, como também é conhecida a onça-parda, não oferece riscos para o ser humano, porém sua presença fez com que Márcia, a irmã e o pai de 78 anos ficassem trancados dentro de suas casas durante toda a manhã, para preservar a integridade do animal e dos moradores. "Para falar a verdade, eu achei que ela estava com mais medo de mim do que eu dela, ainda bem que conseguiram capturá-la sem nenhum machucado", disse aliviada.  

A onça foi capturada, de fato, mas não foi na casa de Márcia.  


Saga pelo bairro 

Depois da chegada do Corpo de Bombeiros e do Parque Ecológico de São Carlos, enquanto as autoridades aguardavam a veterinária responsável e a viatura da Polícia Ambiental, com a jaula adequada, o público começou a se aglomerar e a onça a ficar cada vez mais "preocupada". 

Assustada com a chegada da multidão, o animal decidiu continuar sua jornada e fugiu, pulando de casa em casa na Vila Monteiro.  

Nessa hora, as autoridades e repórteres foram saíram em disparada pelos quarteirões, tentando encontrar o felino fujão. Dois quarteirões a baixo da onde estava no início, a onça foi encontrada. 

Porém, antes de ficar deitada em frente a um carro, dentro de uma garagem na Rua Luiz Roher, ela passou por outras residências, inclusive por baixo da mesa de jantar em uma delas. 

Os populares curiosos foram até o local e precisaram ser afastados pelas autoridades. O resgate da onça demorou cerca de 5 horas, desde seu início. Mas terminou tudo bem. 

O animal foi sedado e encaminhado para o Parque Ecológico, de onde seguirá para seu habitat natural após recobrar os sentidos.  


Cuidado para não ferir 

Apesar de raros casos como este, não é incomum se deparar com algum animal silvestre em seu quintal ou próximo a sua casa. Nessa hora, o diretor de Defesa Animal de São Carlos, Fernando Magnani, diz que o morador não deve fazer nada. "Não reage, não jogue água, não grite, não tente afugentar, não dê vassourada, nada. Avise os Bombeiros, a Polícia Ambiental, Guarda Municipal ou o Parque Ecológico", adverte. 

Segundo o diretor, a onça-parda não oferece riscos, é quase um "gato grande demais", mas que pode se tornar agressivo se ficar acuado. "A  onça com certeza fugiu por medo, para tentar se esconder de toda essa multidão. Ela é um animal curioso, que veio parar aqui por ter se distraído com outras coisas". 

A hipótese mais plausível é a de que ela tenha tomado rumo na direção do córrego que divide a avenida Comendador Alfredo Maffei quando se perdeu e invadiu o bairro. Aliás, no final das contas não era "uma", mas sim "um", já que a onça se tratava de um macho jovem e bastante saudável, que logo deve retornar para sua casa. 


Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON