Aguarde...

cotidiano

Universitários preparam manifestação contra corte de verbas nas universidades federais

Concentração está marcada para acontecer no dia 15 de maio, às 9 horas, na Praça Coronel Salles, em São Carlos

| ACidadeON/São Carlos

Concentração está marcada para acontecer no dia 15 de maio, às 9 horas, na Praça Coronel Salles, em São Carlos. Foto: Divulgação
 

Estudantes universitários de São Carlos vão realizar uma manifestação contra o corte de 30% nas verbas das universidades e institutos federais anunciado pelo Governo Federal.  

A concentração do "Ato em Defesa da Educação" está marcada para acontecer no dia 15 de maio, às 9 horas, na Praça Coronel Salles.  

O evento, que está sendo organizado pelo Mobiliza CAASO e DCE Livre da UFSCar, foi criado no Facebook e já conta com 1,8 mil confirmados e 2,4 mil interessados.  

UFSCar 

Na segunda-feira (6), a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) anunciou o corte de 32% no orçamento para manutenção da universidade. Além disso, afirmou que a verba para despesas com investimentos sofreu um bloqueio de 63%.

O comunicado também enfatizou que, nos últimos anos, a UFSCar já havia sofrido com contingenciamentos semelhantes e que está trabalhando junto ao governo para garantir a normalidade do funcionamento da universidade.

No entanto, a Pró-Reitoria mostrou preocupação com os cortes e afirmou que: "Caso os bloqueios sejam mantidos nos níveis atuais, haverá necessidade de alterações profundas na condução de todas as atividades acadêmicas e administrativas da UFSCar".

Cortes em números:

Despesas de custeio: R$ 16,7 milhões (32%)
Despesas de investimento: R$ 2,7 milhões (63%)

Os recursos para custeio destinam-se ao funcionamento e manutenção da universidade, sendo empregados nos diversos serviços terceirizados - água, energia elétrica, material de consumo, etc.

Já os recursos para investimento destinam-se à aquisição de equipamentos e obras. Não foi identificado bloqueio nos recursos destinados à assistência estudantil.

Mais do ACidade ON