Aguarde...

ACidadeON São Carlos

SÃO CARLOS
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Com mais de 140 metros, Bolo de Santo Antonio mantém tradição em São Carlos

Ao todo, são quase 10 mil pedaços postos à venda e que devem ser convertidos em melhorias para a paróquia

| ACidadeON/São Carlos


Bolo de Santo Antonio é tradicional em São Carlos; em 2019 vem com mais de 140 metros

O tradicional bolo de Santo Antonio chegou aos seus 140 metros de comprimento. O doce é confeccionado por colaboradores da paróquia de mesmo nome, na Vila Prado. Ao todo, 100 pessoas trabalham na montagem e na venda dos pedaços de bolo, pelo valor de R$ 5, nesta quinta-feira (13). 

O padre Marcio André Massola Gaido garante que a festa é bastante movimentada desde a fundação da paróquia de Santo Antônio de Pádoa, há 76 anos. "Muitas pessoas passam por aqui no dia de hoje colocando a sua prece, seu agradecimento, seu louvor, pedindo suas graças pela intercessão do santo. Todos os anos passam por aqui algo entre 25 a 30 mil pessoas. Para muitas pessoas, não só na nossa paróquia, mas em todas, o Santo Antônio é um dos mais adorados. Ele foi uma pessoa que viveu constantemente de acordo com a fé. Que as pessoas que vierem aqui possam fazer da fé um caminho permanente e não um ato esporádico, que cada uma saia daqui com sentimentos de paz e esperança em um momento tão difícil quanto o nosso, pelo qual passamos", desejou o pároco. 

Responsável pela igreja há 15 anos, o padres disse que todo o dinheiro arrecadado coma venda dos mais de 10 mil pedaços deve ser direcionado para obras sociais da igreja.    

Santo Antônio  

Vitral de igreja retrata o santo padroeiro em São Carlos


Fernando, de sobrenome incerto, nasceu em 1196 e se tornou santo pouco depois de sua morte, quando já era chamado por Antônio. Viveu a maior parte da vida em Pádua, na Itália. Ficou famoso como o santo casamenteiro, apesar de não existirem registros do assunto em seus sermões, por conta da ajuda que oferecia às mulheres humildes na conquista de um dote e de roupas para o casamento.

Há uma lenda de que uma mulher italiana teria recorrido ao santo, por meio de sua imagem, para conseguir meios de adquirir o dote que a possibilitaria casar com seu prometido. Ela teria se ajoelhado aos pés do santo e depositado toda a sua fé naquela ação. Milagrosamente, um bilhete surgiu nas mãos da moça. Nele, constava a instrução para que ela entregasse o papel a um comerciante da região, o qual o trocaria por moedas equivalentes ao peso do bilhete.

O mero pedaço de papel de peso quase insigniante não poderia oferecer tanto valor, mas a mulher acreditou e foi até o comerciante. Surpreendentemente, o peso do papel foi equivalente a 400 moedas de pratas. Incrédulo, o tal comerciante se lembrou que havia prometido o mesmo valor em dinheiro para o santo, sem ter cumprido a promessa. Dessa forma, ele pôde quitar sua dívida e a mulher atingiu o objetivo de se casar.

Outras tantas histórias são contadas sobre mulheres que pediram ajuda ao santo e conquistaram o casamento desejado, obtiveram sorte no amor e tantas outras conquistas envolvendo os relacionamentos amorosos.  


Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON