Aguarde...

ACidadeON São Carlos

SÃO CARLOS
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Prefeitura contrata 56 médicos por meio de concurso público

Os convocados começam a trabalhar no próximo mês de setembro

| ACidadeON/São Carlos

Prefeitura contrata 56 médicos por meio de concurso público. Foto: Divulgação/ Prefeitura de São Carlos
 

O prefeito Airton Garcia e o secretário de Saúde, Marcos Palermo, acompanhados dos vereadores Cidinha do Oncológico, Daniel Lima e Elton Carvalho, anunciaram nesta quarta-feira, dia 14 de agosto, que o município convocou 67 médicos que foram classificados em concurso público para que assumam a vaga de emprego na rede de saúde de São Carlos.  

Dos 67 médicos convocados via Diário Oficial do Município, 56 assinaram contrato, sendo 27 para atender na urgência e emergência que engloba as 3 Unidades de Pronto Atendimento (UPAS) e o SAMU. Outros 15 profissionais clínicos e 14 especialistas assumiram e vão prestar serviço na atenção básica, ou seja, vão reforçar o atendimento nas unidades de saúde e no Centro Municipal de Especialidades (CEME).  

As vagas do concurso são para as áreas de Gastroenterologia, Infectologia, Medicina do Trabalho, Neurocirurgia, Pediatria, Reumatologia, Saúde da Família, Vascular, Clínica Geral, Alergologia, Ginecologia, Psiquiatria e Urgência e Emergência.  

O salário varia de acordo com a especialidade. Para urgência e emergência, o salário é de R$ 4.076,00, por plantão de 12 horas semanal. A carga horária do médico de saúde da família é de 40 horas semanais e o salário é de R$ 14.071,00. Já os especialistas serão contratados por 20 horas semanais com salário de R$ 5.700,00.  

Segundo o secretário de Saúde, o número ainda não é suficiente para fechar todas as escolas médicas da rede, porém é um grande avanço. "Em algumas especialidades sempre enfrentamos dificuldades para contratar profissionais e agora vamos conseguir preencher as vagas, mas mesmo assim vamos abrir um novo concurso público. Na urgência e emergência precisamos de profissionais para 142 plantões mês, isso considerando as três UPAS e o SAMU, agora com 27 novos médicos nessa área que podem aditar mais duas datas no contrato, somente vamos precisar recorrer a empresa que presta serviço para a Prefeitura para cerca de 80 a 90 plantões. Nos só chamamos os médicos da empresa para complementação da escala, priorizamos os profissionais concursados. Já na atenção básica ainda vamos precisar de pelo menos mais 10 médicos. Necessitamos de mais ginecologistas e pediatras na rede", afirma Marcos Palermo.  

Para o vereador Elton Carvalho, presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal, essa convocação é muito importante para fortalecer a atenção básica. "É a maior convocação de médicos que já presenciei nesses 11 anos que trabalho como servidor concursado na área de saúde. Parabenizo o prefeito e a Secretaria de Saúde pelo trabalho. Mas se tratando de saúde, sempre precisamos avançar, por isso solicitamos a abertura de processo seletivo para a contratação de mais ginecologistas para a rede e também de oncologistas. Mas vale lembrar que no início da administração tivemos UPAS fechadas. É um avanço para a área", disse o vereador.  

"Saúde é um problema no mundo inteiro, mas é mais um passo. Vamos trabalhar sempre para oferecer o melhor tratamento para as pessoas. Temos muitas coisas ainda para fazer, devagar vamos colocando a casa em ordem. Não para por aí, já solicitei a contratação de mais médicos via concurso público", anunciou o prefeito Airton Garcia.  

Os médicos que foram convocados e atenderam ao chamado começam a trabalhar na rede no próximo mês de setembro.

Mais do ACidade ON