Aguarde...

ACidadeON

Voltar

cotidiano

Devoção à Nossa Senhora da Babilônia reúne milhares de fiéis em São Carlos

Santuário é local de peregrinação no Dia da Assunção de Maria. Ciclistas e corredores percorreram distâncias de até 18 quilômetros para chegar ao local

| ACidadeON/São Carlos

Cerca de 300 ciclistas foram juntos ao Santuário. Foto: Luã Viegas/ ACidade ON São Carlos
 

Caminhando, correndo, de bicicleta, de carro, de ônibus e até mesmo a cavalo, milhares de fiéis saíram de vários pontos da cidade e se dirigiram ao Santuário de Nossa Senhora Aparecida da Babilônia nesta quinta-feira (15), feriado municipal em São Carlos, com o objetivo de agradecer.  

Na turma dos corredores, o autônomo Marcelo Moreira da Silva, de 30 anos, saiu com os amigos da região do Sesc e percorreu cerca de 18 quilômetros para chegar ao destino. "Viemos correndo, foram muitas subidas, mas nós superamos", explicou.  

No entanto, as estradas de terra e os morros não foram os únicos obstáculos que Marcelo teria de enfrentar. Chegando em frente ao santuário, o corredor se deparou com uma multidão de pessoas esperando para entrar na capela. "Por enquanto ainda não entrei, a fila está grande. Mas estamos aqui curtindo, comendo e bebendo. Também encontramos vários amigos. Eu venho todos os anos, vale muito a pena", disse Silva.  

Marcelo Moreira, ao centro, correu por 18 km para chegar à Aparecidinha. Foto: Luã Viegas/ ACidade ON

O personal trainer Gilberto Maciel, de 42 anos, contou que vai até a Aparecidinha todos os anos. Desta vez não foi diferente, mantendo o ritual, ele acordou cedo e fez o caminho de bicicleta junto com os parentes. "É a padroeira de São Carlos, todo mundo sabe. Nós tentamos unir o útil ao agradável, o pedal, que já estamos acostumados no dia a dia, e também rezar um pouquinho e agradecer pelas coisas boas que Deus nos dá", explicou Maciel. 

Gilberto Maciel contou que vai até a Aparecidinha todos os anos. Foto: Luã Viegas/ ACidade ON

O trajeto até o santuário é tradicional entre os ciclistas de São Carlos. De acordo com Everson José Padilha, o Coxinha, todo iniciante no 'pedal' começa indo até a Aparecidinha.  

Aproveitando a data especial, o ciclista organizou o evento "Pedal da Padroeira" e afirmou que o número de participantes superou as expectativas. "A gente esperava 200 ciclistas e saímos com cerca de 300. Deu para agradecer o feriado, esse é um ´pedal´ já tradicional que nós fazemos. Então todo ano é muito gratificante a gente reunir todos e vir para cá agradecer", concluiu Coxinha.

Programação e missas  

Com a expectativa de que 15 mil pessoas passem pelo distrito da Babilônia, onde fica o santuário da padroeira do município, o local terá oito missas ao longo do dia: às 3h, 4h30, 7h, 9h, 11h, 13h, 15h e 17h.  

História  

De acordo com relatos, um incêndio atingiu a mata de uma fazenda que existia no local em agosto de 1866.  

Na manhã do dia seguinte, moradores perceberam o fogo havia devastado quase tudo, mas uma árvore estava intacta, com folhas bem verdes e um brilho intenso.  

Ao pé da árvore foi encontrada uma imagem de Nossa Senhora da Conceição.  

A partir daquele dia muitos fiéis passaram a orar diante dela, sendo construídas capelas e depois o santuário.  

Além da inauguração da capela de batismo, o local recebeu o título oficial de santuário, concedido pela diocese.  

Atualmente, o local faz parte do Caminho da Fé da região.  




Mais do ACidade ON