Aguarde...

cotidiano

Vigilância realiza ação contra a Dengue no Terminal Rodoviário

Cidade já registrou 57 casos positivos da doença em 2020. A ação faz parte da Semana Estadual de Mobilização Social contra o Aedes aegypti

| ACidadeON/São Carlos

São Carlos realiza atividade na Semana Estadual de Mobilização Social contra o Aedes aegypti. Foto: Divulgação/ Prefeitura de São Carlos
 

Nesta sexta-feira (14/02) a Equipe Municipal de Combate às Endemias do Departamento de Vigilância em Saúde da Prefeitura Municipal de São Carlos realizou uma atividade de orientação sobre arboviroses e medidas de controle do vetor no Terminal Rodoviário da cidade. A ação faz parte da Semana Estadual de Mobilização Social contra o Aedes aegypti.  

Durante todo o dia os agentes de combate às endemias orientaram os viajantes sobre o combate ao mosquito da Dengue, ressaltando os cuidados simples dentro das casas como remover a água dos pratos das plantas, remover ou colocar os pneus em locais cobertos, limpar o quintal removendo materiais (inservíveis) que possam acumular água, limpar as calhas do telhado, manter caixas dágua tampadas, lavar diariamente vasilhas dos animais de estimação e tratar a água das piscinas.  

"Nossos agentes promovem visitas, bloqueios e ações educativas o ano inteiro. Essa época, no entanto, os cuidados precisam ser redobrados por conta da chuva e sol, que são ambientes favoráveis para a proliferação dos mosquitos. A população pode ajudar no combate realizando vistorias no seu imóvel semanalmente. Cerca de 80% dos criadouros do mosquito estão dentro de casa. E, algumas ações rápidas podem ajudar prevenir a doença", ressalta Denise Scatolini, chefe da Seção de Apoio à Vigilância em Saúde e Informação da Secretaria Municipal de Saúde.  

O ovo do mosquito Aedes aegypti leva cerca de 7 a 10 dias para se desenvolver e se tornar um mosquito adulto, por isso a importância de vistorias semanais.  

Em 2020, já foram registradas em São Carlos 375 notificações, com 57 casos positivos de Dengue, sendo 31 autóctones e 26 importados. Para Chikungunya foram registradas 3 notificações, porém com resultado negativo para a doença.  

Para Febre Amarela até o momento foi registrada uma notificação, mas também com resultado negativo para a doença. Para Zika até o momento não foi registrada nenhuma notificação.



Mais do ACidade ON