Aguarde...

cotidiano

Moradores reclamam de realização de festas em plena quarentena

Bairros onde residências dividem espaço com áreas de lazer já somam aumento nas denúncias de perturbação do sossego

| ACidadeON/São Carlos

Moradores de São Carlos têm reclamado de confraternizações e festas durante a quarentena. Foram registradas denúncias de aglomerações e perturbação do sossego, principalmente aos fins de semana, geralmente em bairros com áreas de lazer, como o Jardim Embaré.

Atitudes que vão contra a boa convivência estão sendo combatidas pela associação de bairro. "A associação não é contra alugar os imóveis, mas a legislação deve ser respeitada. Aqueles que estão conseguindo se cuidar têm que lidar com gente fazendo festa e não está respeitando a quarentena", disse Fernanda Karstedt, representante da associação em entrevista para a EPTV Central.

No mês passado, a Polícia Militar atendeu 167 ligações com reclamações envolvendo a lei do silêncio, 35 a mais em relação ao mesmo mês de 2019. 

São Carlos. Foto: arquivo/Divulgação


"Quando a gente recebe a ligação por perturbação, a gente vai ao local, qualifica a pessoa que solicitou a viatura, as pessoas que estavam fazendo o barulho e, se precisar, a gente apreende o equipamento de som e apresenta os dados na delegacia", explicou o capitão da PM de São Carlos, Renato Gonzalez.

Para a PM, ter bom senso sempre é a melhor solução. "No momento da quarentena não tem nada que proíba a pessoa de fazer festa dentro de sua casa, mas a pessoa, mesmo aparentando não estar doente, levar muitas pessoas para o mesmo ambiente pode transmitir o coronavírus para outras pessoas. Isso pode chegar numa pessoa mais debilitada que vai sofrer os efeitos da doença", destacou o capitão.

Denúncias pode ser feitas pelo 153 da Guarda Municipal ou pelo 190 da PM.

Mais do ACidade ON