Aguarde...

cotidiano

Após reclamações de 'água suja', Saae afirma que é o cloro nas tubulações

Em nota, a autarquia afirmou que a aplicação de cloro é constante durante todo o processo de tratamento da água.

| ACidadeON/São Carlos

Foto ilustrativa. 

Após moradores de várias regiões de São Carlos reclamarem de que a água estava saindo suja das torneiras, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) São Carlos informou que, devido à presença de cloro residual nas tubulações, a coloração da água distribuída foi alterada.  

Em nota, a autarquia justificou o problema. Confira:  

A aplicação de cloro é constante durante todo o processo de tratamento e sua utilização é para promover a desinfecção bacteriológica da água. Embora o movimento da água seja constante, sempre fluindo em função de sua utilização, pode ocorrer o desprendimento de incrustações presentes nas tubulações de distribuição, que em sua enorme maioria é fabricada em ferro fundido e/ou ferro galvanizado, principalmente as redes localizadas na região central e nos bairros mais antigos da cidade. Esse desprendimento produz uma coloração de aspecto amarelado na água.  

Para a segurança da potabilidade da água, o SAAE garante a existência de um residual de cloro livre nas redes de distribuição, conforme o Artigo 34 da Portaria de Consolidação nº 5 de 28 de setembro de 2017 do Ministério da Saúde, o qual elimina os possíveis contaminantes bacteriológicos que possam ocorrer no sistema de distribuição.  

Pelo Artigo 34, é obrigatória a manutenção de, no mínimo, 0,2 mg/L de cloro residual livre em toda a extensão do sistema de distribuição. Porém devida a pandemia do novo coronavírus, a autarquia esta seguindo a Cartilha Técnica de Saneamento e as diretrizes enviadas pela Organização Mundial da Saúde, os quais recomendam a existência de um residual mínimo de cloro livre de 0,5 mg/litro em toda a extensão das redes de distribuição. 

Esse aumento da dosagem de cloro afetou ainda mais o desprendimento de incrustações, porém, a qualidade de potabilidade da água não sofreu alteração. 

Para restabelecer a coloração da água, o SAAE esta promovendo neste momento descargas em hidrantes (geralmente instalados em redes primárias) e em locais pontuais, através da retirada dos hidrômetros para impedir a entrada dessa água com coloração alterada, em virtude das incrustações, na área interna de comércios e residências.

Mais do ACidade ON