Publicidade

cotidiano

Mortandade de peixes chama a atenção na represa do Broa

Prefeitura de Itirapina afirma que vários fatores podem ter causado a morte dos peixes; confira

| ACidadeON/São Carlos -

Peixes mortos chamaram a atenção de moradores do Broa. Foto: Cristiano Macedo, assessor secretária do Turismo
A morte de peixes na represa do Broa, em Itirapina (SP), vem chamando a atenção de moradores do local. 

De acordo com a prefeitura do município, vários fatores podem causar efeitos de mortandade de peixes. "O evento citado, tem caráter pontual, não sendo observado em toda represa do Broa e pode ter ocorrido por vários fatores, entre eles, variação brusca da temperatura e um longo período de estiagem que podem causar a depressão local do oxigênio dissolvido", informou em nota enviada ao ACidade ON. 

Além disso, a administração municipal informou que vai monitorar a represa para observar os sinais e evidências do processo ocorrido no vídeo por se tratar de um evento bem pontual. "É importante salientar que a Cetesb, em parceria com a Prefeitura de Itirapina, realiza regularmente análise de balneabilidade da represa do Broa, estando o mesmo em conformidade com a legislação", complementou. 

Peixes mortos chamaram a atenção de moradores do Broa. Foto: Cristiano Macedo, assessor secretária do Turismo
Diversos fatores 
Para o biólogo Fernando Magnani, a mortalidade dos tucunarés-amarelos pode ter sido causada por diversos fatores em uma "tempestade perfeita".

Na hipótese levantada, o forte frio que passou pela região na semana passada deixou os peixes vulneráveis. A chegada do calor e alta evaporação de água, juntamente com a baixa oxigenação, poderiam ter matado os espécimes.

"É muito peixe, uma lâmina de água de pouca reposição, tem cada vez menos água nos córregos e acaba ocasionando essa perda de animais, principalmente, pela falta de oxigenação", sugeriu.

Mais notícias


Publicidade