Publicidade

cotidiano

Represa do Broa está imprópria para banho, diz Cetesb

Com o alerta da presença de algas tóxicas, a Prefeitura da Itirapina reabriu a represa na sexta-feira (1) para os turistas.

| ACidadeON/São Carlos -

Represa do Broa, em Itirapina (SP). Foto: Prefeitura de Itirapina/Divulgação
 

A Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) informou que a praia da represa do Broa, em Itirapina (SP), está imprópria para banho. Com o alerta da presença de algas tóxicas, a prefeitura da cidade reabriu a represa na sexta-feira (1) para os turistas. 

O órgão informou que a análise das amostras detectou elevado número de células de cianobactérias, com a presença de gêneros que são potenciais produtores de toxinas. 

Desta forma, a represa foi classificada como imprópria para banho. 

A CETESB informou ainda que, com o apoio da Prefeitura de Itirapina, irá realizar nova inspeção e coleta de amostras de água nos mesmos locais da represa na próxima semana para acompanhamento da evolução da presença das algas/cianobactérias. 

Os resultados das análises dessa nova amostra permitirão avaliar a condição de qualidade da água da represa para uma decisão quanto ao seu uso seguro para fins de banho. 
 
Preços para entrada no Broa 
 
Motocicletas e motonetas: R$ 20
Carros de passeio e caminhonetes até 5 passageiros: R$ 50
Veículos de passeio e caminhonetes, com reboque para embarcações: R$ 100
Peruas, kombis, vans e similares de turismo: R$ 300
Caminhões-trator, com reboque, carrocerias, baú e caçambas: R$ 200
Microônibus: R$ 600
Ônibus: R$ 1 mil
Veículos placas de Itirapina: Isentos


Mais notícias


Publicidade