Aguarde...

cotidiano

Procura por hidroxicloroquina aumenta em São Carlos

Apesar de estudos apontarem resultados promissores do medicamento na inibição do novo coronavírus, a Anvisa alerta que o uso do remédio não é recomendado

| ACidadeON/São Carlos

Tudo sobre o coronavírus na nossa região e no Brasil

Após estudos publicados em revistas acadêmicas dos EUA, França e China apontarem que a droga hidroxicloroquina apresentou resultados promissores na inibição do novo coronavírus, o medicamento já vem sendo procurado nas farmácias de São Carlos.  

O ACidade ON São Carlos entrou em contato com quatro drogarias da cidade e, de forma unânime, recebeu a informação de que a procura pelo medicamento é alta.  

No entanto, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) não recomenda o uso do medicamento. Confira a nota publicada pelo órgão na quinta-feira (19):  

Diante das notícias veiculadas sobre medicamentos que contêm hidroxicloroquina e cloroquina para o tratamento da Covid-19, a Anvisa esclarece que:  

- esses medicamentos são registrados pela Agência para o tratamento da artrite, lúpus eritematoso, doenças fotossensíveis e malária;  

- apesar de promissores, não existem estudos conclusivos que comprovam o uso desses medicamentos para o tratamento da Covid-19. Portanto, não há recomendação da Anvisa, no momento, para a sua utilização em pacientes infectados ou mesmo como forma de prevenção à contaminação pelo novo coronavírus; e  

- a automedicação pode representar um grave risco à sua saúde.  


Mais do ACidade ON