Aguarde...

cotidiano

Curva de contágio da Covid-19 sobe diariamente em São Carlos

Mesmo com medidas de flexibilização, casos chegam a dobrar a cada 10 dias, em média, na cidade

| ACidadeON/São Carlos

A curva que mostra a evolução do número de casos de Covid-19 em São Carlos continua em ascendência, mesmo com as novas normas que flexibilizam as atividades não essenciais na cidade. 

Há 9 dias, a cidade já tinha registrado cerca de 80 casos positivos, agora já são 157 confirmados pela Prefeitura Municipal, segundo os dados divulgadas na noite de segunda-feira (1º). 

O número de mortos pela doença, em contrapartida, não evolui com a mesma velocidade. São Carlos já contabilizou 5 óbitos em decorrência de coronavírus.  

Imagem: ACidade ON São Carlos

Previsão

Se analisarmos o gráfico acima, é possível perceber que o número de pessoas infectadas pelo vírus dobra a cada 10 dias, em média. Caso essa conta se mantenha, é possível prever que próximo ao dia 12 de junho a cidade tenha somado 300 infectados. 

Entretanto, também há tendência da desaceleração da doença conforme as medidas de prevenção são adotadas pelos moradores.  

Flexibilização 

Algumas atividades não essenciais voltaram a funcionar, com restrições, nesta semana, em São Carlos. A cidade foi classificada como pertencente à Fase 3 do Plano São Paulo, que traz as diretrizes para a retomada de comércios e serviços não essenciais frente à pandemia de coronavírus,  


As fases são as seguintes:

- Fase 1 (Alerta Máximo - Fase de contaminação, com liberação apenas para serviços essenciais);

- Fase 2 (Controle - Fase de atenção, com eventuais liberações);

- Fase 3 (Flexibilização - Fase controlada, com maior liberação de atividades);

- Fase 4 (Abertura Parcial - Fase decrescente, com menores restrições);

- Fase 5 (Normal Controlado - Fase de controle da doença, liberação de todas as atividades com protocolos).  

Primeiro dia de flexibilização é marcado por filas e trânsito no comércio. Foto: ACidade ON

Incluída na Fase 3 (amarela), a cidade pode liberar os seguintes serviços:

Imobiliárias

Concessionárias

Escritórios

Comércio geral

Shopping centers

Restaurantes

Bares

Salões de beleza

O funcionamento de academias, teatros, cinemas e a realização de eventos com aglomeração continuam proibidos na fase amarela.

Restrições

Na cidade, comércio classificado como não essencial poderá funcionar de segunda a sábado, porém o horário permanecerá das 10h às 16h. Os restaurantes, bares e similares com atendimento presencial também somente poderão funcionar por 6 horas diárias seguidas. Pelos sistemas delivery e drive thru o atendimento pode ser realizado 24h por dia.

Pelo Plano São Paulo o comércio em geral poderá funcionar com capacidade limitada (40%) em horário reduzido (6h seguidas diárias); os shoppings devem funcionar com capacidade limitada (40%), com horário reduzido (6h seguidas), com proibição de praças de alimentação (exceto ao ar livre); bares, restaurantes e similares somente poderão realizar o atendimento presencial ao ar livre, com capacidade 40% limitada e por 6h diárias; para os salões de beleza também será permitido o funcionamento com 40% da capacidade e 6h diárias. Todos os segmentos devem adotar os protocolos padrões e setoriais específicos.

As normas sanitárias são as mesmas para todos os segmentos:

- Disponibilizar higienização para funcionários e consumidores com álcool gel 70% em pontos estratégicos;

- Funcionários devem utilizar máscaras durante toda a jornada de trabalho, assim como os consumidores;

- O acesso e o número de pessoas nos estabelecimentos devem ser controlados;

- Deve-se manter todas as áreas ventiladas;

- Filas devem ter distanciamento de 2 metros entre as pessoas.

Mais do ACidade ON