Aguarde...

cotidiano

Quase mil estudantes recebem R$ 1.500 para compra de computadores

O objetivo é auxiliar no acompanhamento das aulas do período de Ensino Não-Presencial Emergencial (ENPE).

| ACidadeON/São Carlos

UFSCar São Carlos. Foto: Divulgação

Estudantes da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) puderam se inscrever no Edital para Inclusão Digital. O objetivo é auxiliar no acompanhamento das aulas do período de Ensino Não-Presencial Emergencial (ENPE). As aulas remotas tiveram início em função da pandemia da COVID-19.

Na graduação, os inscritos em disciplinas do ENPE, com renda per capita de até 1,5 salários mínimos, puderam solicitar auxílio para acesso à internet e para a compra de computadores. Estes requisitos foram estipulados pela Procuradoria Federal (PF) junto à UFSCar.

Auxílio computador - A Universidade realocou a verba de seu orçamento para disponibilizar auxílios destinados a compra de computadores. Cada auxílio oferecido para aquisição de computadores foi no valor de R$ 1.500 a ser depositado diretamente na conta do estudante habilitado. "Para nossa satisfação, foi possível atender a todos aqueles que se enquadraram nos critérios definidos pelo Edital", afirma Wanda Hoffmann, Reitora da UFSCar.

Auxílio internet - Para os estudantes com renda per capita de até meio (0,5) salário-mínimo, o Ministério da Educação (MEC) irá custear a entrega de um chip para acesso à internet. Por esforço da gestão superior da UFSCar, estudantes com renda per capita de 0,5 até 1,5 salário-mínimo também receberão chip para acesso à internet, o qual será custeado pela Universidade.

Trabalho em equipe -
Desde o início da pandemia que a Reitora da UFSCar, Wanda Hoffmann, defende o acesso a computadores e à internet para os estudantes em vulnerabilidade social. Em abril, solicitou estudo sobre alternativas para atender às demandas dos estudantes; também solicitou um levantamento das necessidades para acompanhamento de aulas remotas.

A Reitoria e as Pró-Reitorias de Administração (ProAd), Assuntos Comunitários e Estudantis (ProACE), Graduação (ProGrad) e Pós-Graduação (ProPG), além da Secretária de Informática (SIn), trabalharam de modo integrado.

"Acesso a computadores e à internet são questão de permanência estudantil. Parabenizo a todos os envolvidos, pois atuaram incansavelmente para que chegássemos até aqui. Proporcionar acesso ao conhecimento e à ciência são missões da Universidade", conclui a Reitora da UFSCar.

Mais do ACidade ON