Aguarde...

cotidiano

Sobe para 15 o número de mortes por Covid-19 em asilos de São Carlos

Na sexta-feira (19), um homem de 89 anos, morador de uma dessas clínicas, faleceu em decorrência de complicações da doença.

| ACidadeON/São Carlos

- Imagem ilustrativa

Desde o começo da pandemia, São Carlos já registrou 15 mortes por Covid-19 em clínicas de longa permanência para idosos. Na última sexta-feira (19), um homem de 89 anos, morador de uma dessas clínicas, faleceu em decorrência de complicações da doença. Esse local, aliás, vive um segundo surto. 

Em julho e agosto do ano passado, a clínica teve os primeiros casos, com 23 resultados positivos: 13 idosos e 10 funcionários. À época, 7 idosos morreram. 

Agora, são duas mortes e outros nove idosos infectados. 

Uma outra clínica particular de São Carlos também passou por um recente surto da doença. Em janeiro, foram 30 casos confirmados, com quatro mortes. 

Considerando as instituições de longa permanência na cidade, já são 15 óbitos, desde o início da pandemia. 

A Vigilância Sanitária, assim como a Secretaria Municipal de Saúde, acompanha essas instituições e solicita relatórios de como são seguidas as medidas de segurança e cuidado aos moradores das clínicas. 

Segundo a direção da clínica particular com o novo surto da doença, todas as normas da Vigilância Sanitária do município e da própria organização mundial da saúde vêm sendo seguidas. 

A clínica ressalta que este é o pior momento da pandemia no Brasil e na nossa região.  

Por conta disso, infelizmente, a população de instituições de longa permanência é um público de alto risco, devido à saúde fragilizada de muitos dos idosos.



Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON