Aguarde...

cotidiano

Vereador denuncia álcool ineficaz contra Covid-19 em duas escolas municipais

Djalma Nery (PSOL) disse que vai pedir providências da Secretaria de Educação de São Carlos. Álcool 46% foi encontrado em unidades do bairro Cidade Aracy.

| ACidadeON/São Carlos

Vereador verificou que havia álcool 46% em duas unidades. Foto: Imagem cedida/ Djalma Nery
 

Após receber denúncia de que escolas municipais de São Carlos estavam recebendo álcool 46%, produto ineficaz em eliminar o vírus da Covid-19, o vereador Djalma Nery (PSOL) visitou cinco escolas na sexta-feira (19) e constatou a irregularidade em duas unidades na região do Cidade Aracy.

"A gente constatou em duas dessas escolas, que ficam na zona sul, região do Cidade Aracy, esse erro. A aquisição desse álcool 46% não é o ideal, porque não tem a capacidade de combater o vírus", afirmou o vereador.

O parlamentar informou ter colhido relatos de que as escolas enfrentam dificuldades para adquirir o álcool 70%. "Os produtos de limpeza, em especial o álcool 70%, estão cada vez mais escassos, tanto em gel quanto o líquido. E eles estão tendo dificuldades para conseguir adquirir esses produtos, que são fornecidos por uma empresa terceirizada".

Mesmo com o não retorno presencial das aulas na rede municipal, Nery ressalta que parte dos servidores segue trabalhando presencialmente. "A gente está em um momento de piora da pandemia, está descartada a possibilidade de retorno presencial das aulas, ainda que a rede estadual tenha retornado no modelo híbrido. Mas, de qualquer forma, alguns funcionários, da supervisão, da coordenação, da limpeza, da gestão, continuam frequentando os espaços. Então é muito importante ter esses produtos em maior quantidade".

O parlamentar afirmou que vai notificar a Secretaria de Educação sobre o problema e pedir que a situação seja regularizada junto à empresa fornecedora. 

Vereador Djalma Nery (PSOL) visitou escolas após receber denúncia. Foto: Redes sociais


Outro lado

Procurada, a Secretaria de Educação informou que são enviados dois tipos de produtos para as escolas: produtos de higienização, de acordo com os protocolos sanitários da COVID-19 e determinados pelas autoridades de saúde, e produtos de limpeza como água sanitária, detergente, desinfetante, entre outros.

Já para higienização, são fornecidos produtos como álcool liquido 70%, e álcool em gel 70%.

Todos os produtos são adquiridos por meio de processo licitatório, portanto as empresas são obrigadas a comprovar as especificações técnicas exigidas para poder participar do processo.

Os produtos são armazenados no almoxarifado da Secretaria de Educação e distribuídos conforme demanda das escolas.

A Secretaria de Educação ressalta, ainda, que as escolas da rede municipal não estão recebendo alunos, já que as aulas iniciaram somente de forma remota.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON